Mercado abrirá em 1 h 27 min
  • BOVESPA

    108.782,15
    -194,55 (-0,18%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.081,33
    -587,31 (-1,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,37
    +2,13 (+2,76%)
     
  • OURO

    1.769,60
    +14,30 (+0,81%)
     
  • BTC-USD

    16.493,46
    +278,87 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    389,46
    +9,17 (+2,41%)
     
  • S&P500

    3.963,94
    -62,18 (-1,54%)
     
  • DOW JONES

    33.849,46
    -497,57 (-1,45%)
     
  • FTSE

    7.529,63
    +55,61 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.673,00
    +56,75 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5709
    +0,0217 (+0,39%)
     

Déficit comercial dos EUA aumenta em setembro

Porto de Oakland, Califórnia, nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou com força em setembro, possivelmente devido ao peso que o dólar forte e a diminuição da demanda global tiveram sobre as exportações.

O Departamento de Comércio informou nesta quinta-feira que o déficit comercial aumentou 11,6%, para 73,3 bilhões de dólares. As exportações de bens e serviços caíram 1,1%, enquanto as importações aumentaram 1,5%.

Um déficit comercial menor foi o principal responsável pela recuperação do Produto Interno Bruto no terceiro trimestre. A economia cresceu a uma taxa anualizada de 2,6% no último trimestre, após contrair a um ritmo de 0,6% no segundo.

(Reportagem de Lucia Mutikani)