Déda defende política de energia de Dilma

O governador de Sergipe, Marcelo Déda, afirmou nesta terça-feira que a palavra "apagão pertence a dicionário que foi jogado no lixo". Segundo ele, a expressão perdeu o significado graças à responsabilidade política e capacidade de gestão dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. "Uma coisa é a eventual falha, outra é um sistema que não se suporta de pé e está condenado a produzir caos mais cedo ou mais tarde", disse Déda, durante solenidade de inauguração do primeiro Parque Eólico do Estado do Sergipe, em Barra dos Coqueiros, da qual a presidente Dilma Roussef participa.

O governador destacou que a presidente Dilma e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, têm repetido com frequência que o "Brasil é um país que oferece segurança energética e não teremos na energia um gargalo ao crescimento que a Nação vai experimentar".

A inauguração do parque eólico ocorre uma semana depois da presidente anunciar em pronunciamento oficial uma redução na tarifa de energia elétrica. O empreendimento custou R$ 125 milhões, dos quais R$ 102 milhões foram financiados por meio de empréstimos do China Development Bank (CDB). A Desenvix Energias Renováveis é a empresa responsável pelo parque, que terá energia para abastecer uma cidade de 120 mil habitantes.

De acordo com a Desenvix, o parque terá 34,5 MW de potência instalada - foram adquiridas 23 turbinas de uma empresa chinesa, transportadas até o Brasil em três navios. O complexo já opera em fase de testes desde setembro do ano passado.

Uma das razões que levaram à escolha de Sergipe para abrigar o parque foram o potencial de ventos na região e a proximidade com o Porto de Sergipe, que recebeu os navios que transportaram as turbinas eólicas.

Retroescavadeiras

Ao lado do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, Dilma entregou nesta terça 20 retroescavadeiras para municípios sergipanos com até 50 mil habitantes, beneficiando mais de 107 mil moradores da zona rural. As retroescavadeiras deverão ajudar a melhorar a infraestrutura de estradas secundárias, informou Pepe Vargas na solenidade.

Carregando...