Mercado fechado

Dá pra ver estrelas na ISS? Por que não aparecem em fotos tiradas no espaço?

Felipe Junqueira

Por que fotos tiradas no espaço, incluindo aquelas das missões Apollo na Lua, não mostram estrelas no céu? É verdade que os astronautas que saem da atmosfera terrestre não conseguem ver todos aqueles pontos brilhantes ao redor deles?

Para pôr fim a esta dúvida, precisamos apelar para a fotografia. Mas, antes, um pouco de ciência pura e simples para mostrar que é possível, sim, ver estrelas no espaço – até mais do que a gente consegue ver aqui da Terra.

A maneira mais fácil de mostrar isso é com um tweet do astronauta Jack Fischer, que passou alguns dias na Estação Espacial Internacional (ISS) em duas ocasiões diferentes durante o ano de 2017. Em sua segunda estadia, ele tirou uma foto da janela para responder às constantes indagações de seguidores e conhecidos sobre a possibilidade de ver as estrelas lá de cima.


“Você pode ver estrelas aqui de cima? Claro que sim, baby! Dê uma olhada na Via Láctea conforme ela gira e pinta os céus”, escreveu na postagem, que ainda traz uma time-lapse da vista na ISS.

Os astronautas na estação vivem cerca de 16 períodos de noite a cada 24 horas, cada um durando uns 45 minutos, uma vez que a ISS dá uma volta na Terra em uma hora e meia. Quando passam pela parte escura, eles podem ver muitas estrelas no céu, mas, quando estão na parte clara, apenas as mais brilhantes aparecem, já que a luz do Sol, tanto a direta como a que se reflete em nosso planeta, reduz a visibilidade dessas luzes distantes. Quanto ao céu da Lua, os astronautas da Apollo pousaram todos no lado em que era dia, quando o Sol estava lá em cima, e disseram que as estrelas mais brilhantes eram sim visíveis quando eles ficavam na sombra do módulo lunar e subiam as proteções externas de seus visores.

O fotógrafo e escritor Bob King explicou em mais detalhes, em uma postagem no seu blog Astro Bob, a diferença entre a visão na ISS quando passa pelo lado claro e quando passa pelo lado escuro da Terra.

John W. Young na Lua, durante a missão Apollo 16: cadê as estrelas? (Foto: NASA)

“É possível ver as estrelas mais brilhantes na luz dia da estação espacial. Da mesma forma onde o Sol brilha na Lua, a superfície lunar e a Terra conspiram para que o céu fique quase sem estrelas”, explicou. Em 2003, num momento em que Marte estava bem perto da Terra, e o brilho da luz do Sol que se refletia no Planeta Vermelho impressionou os astronautas na ISS. O ex-astronauta Edward Lu contou que o astro estava “brilhante o bastante que até quando estamos no lado claro da Terra (...) ele está claramente visível contra o fundo escuro do espaço”.

Ou seja, é possível, sim, ver estrelas tanto na ISS como na superfície da Lua, apesar de o brilho de muitas delas ficar prejudicado pela luz de outros objetos mais próximos, assim como acontece aqui na Terra. Em cidades muito iluminadas, mal vemos estrelas no céu – mas elas estão lá.

E cadê as estrelas nas fotos tiradas do espaço?

A Via Láctea pode, sim, ser vista da Estação Espacial Internacional (Foto: NASA)

E aí entramos na grande questão levantada no início do texto. Se as estrelas podem ser vistas no espaço, por que elas não aparecem em fotos tiradas durante as missões Apollo? Para responder, vamos falar um pouco sobre fotografia.

Para capturar o brilho das estrelas, o obturador precisa ficar aberto tempo suficiente para que a luz delas seja registrada. As fotos das missões Apollo na Lua foram tiradas com obturador em uma fração de segundo, tempo suficiente para registrar objetos muito claros, como é o caso de astronautas, instrumentos, o módulo de pouso e o próprio solo lunar – tudo isso reflete bastante luz solar.

“A razão de você nunca ver estrelas em fotos tiradas ou na superfície lunar ou nas proximidades da Terra iluminada da ISS é porque está muito claro! Para capturar uma cena ensolarada, o obturador da câmera deve ser ajustado para apenas uma fração de segundo (geralmente 1/500”) - tempo muito curto para revelar pontos estelares fracos”, explicou King, em seu blog.

Em suma, a razão para a gente não ver estrelas em fotos tiradas na ISS ou na Lua é a mesma pela qual não vemos em fotos que também são tiradas aqui na superfície. Fotógrafos especializados em astrofografia sabem muito bem que é necessário um bom tempo de obturador aberto para registrar as estrelas em uma foto.

E se você quiser se aprofundar ainda mais nesta questão, confira o vídeo abaixo, em português, do Mensageiro Sideral:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: