Mercado fechará em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    103.721,18
    -4.013,83 (-3,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.792,62
    -227,43 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,19
    +0,69 (+0,84%)
     
  • OURO

    1.792,70
    +10,80 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    61.248,09
    -2.191,27 (-3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,95
    -46,08 (-3,07%)
     
  • S&P500

    4.540,26
    -9,52 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    35.645,39
    +42,31 (+0,12%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.311,00
    -167,75 (-1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6486
    +0,0676 (+1,03%)
     

Cyrela lança mais, mas vende menos no 3º tri

·1 minuto de leitura
Construção de prédio em São Paulo

SÃO PAULO (Reuters) - A Cyrela anunciou nesta quarta-feira alta de dois dígitos nos lançamentos, mas forte queda nas vendas do terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado.

A construtora lançou o equivalente a 2,2 bilhões de reais entre julho e setembro, crescimento de 33,2% na comparação anual, mas as vendas recuaram 20,2% no mesmo período, para 1,37 bilhão de reais.

Os dados foram divulgados em um contexto de aumento dos juros para conter a inflação, alta de custos do setor de construção civil e incertezas sobre a economia que têm pressionado a confiança do consumidor.

As vendas da companhia também foram 13% abaixo do registrado no segundo trimestre deste ano, enquanto os lançamentos subiram 14% nessa relação.

Segundo a prévia do resultado operacional divulgada nesta quarta-feira, os lançamentos da Cyrela no terceiro trimestre envolveram 12 empreendimentos ante 15 no mesmo período de 2020. No segundo trimestre deste ano, a empresa lançou 19 empreendimentos.

A empresa afirmou ainda que das vendas realizadas no trimestre passado, 195 milhões de reais se referem a estoque pronto, ou 14% do total. Outros 440 milhões são de estoque em construção (32%) e 730 milhões correspondem a lançamentos (53%).

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos