Mercado abrirá em 5 h 46 min
  • BOVESPA

    121.241,63
    +892,84 (+0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.458,02
    +565,74 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,19
    -0,17 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.836,60
    +6,70 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    36.440,55
    -1,18 (-0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    717,10
    -18,04 (-2,45%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.720,65
    -15,06 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    29.471,33
    +608,56 (+2,11%)
     
  • NIKKEI

    28.614,40
    +372,19 (+1,32%)
     
  • NASDAQ

    12.915,75
    +113,50 (+0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4045
    +0,0092 (+0,14%)
     

Cyberpunk 2077 | CD Projekt Red promete grande correção nos "próximos 10 dias"

Wagner Wakka
·3 minuto de leitura

A CD Projekt Red divulgou um novo calendário de atualizações para Cyberpunk 2077, junto a um pedido de desculpas do próprio cofundador da empresa Marcin Iwiński. A empresa planeja ainda dois grandes patches de correção do jogo, além de DLCs gratuitas e as versões para PlayStation 5 e Xbox Series X|S ainda em 2021.

O game foi lançado no final de 2020, cheio de problemas e com desempenho muito aquém do esperado. Principalmente nos consoles da geração passada, o Cyberpunk 2077 estava praticamente injogável, tanto que a CD Projekt Red prometeu devolver o dinheiro de quem estivesse insatisfeito com o game. A Sony, em seguida, retirou o título de sua loja digital por conta dos problemas.

Agora, Iwiński vem a público pedir desculpas pelo acontecimento. Segundo o executivo, a culpa foi da mesa diretora que permitiu que o jogo fosse lançado, mesmo sabendo que ele precisava de mais polimento.

“Por favor, não culpem nossos times pelo que aconteceu. Eles são extremamente talentosos e esforçados. Eu e a mesa diretora somos tomamos a decisão final, e foi nossa decisão lançar o game. Embora, acredito eu, nós nunca tivemos a intenção de que algo como esse acontecesse”, comentou o cofundador da empresa. Ele assume que o problema estava no escopo do jogo, em tentar fazer um título que fosse “épico nos PCs”, mas que pudesse ser ajustado também para a geração passada nos consoles.

Junto ao vídeo, a companhia também publicou um cronograma de ajustes para o jogo. Ainda no começo do ano, devem ser lançados dois novos grandes patches, que a CD Projekt Red já havia prometido. A primeira grande atualização, segundo Iwiński, deve chegar “nos próximos 10 dias”, sendo acompanhado de updates menores. Além disso, a empresa já prometeu outro pacote grande de correções até abril deste ano.

<em>Cronograma divulgado pela CD Projekt Red (Foto: divulgação/CD Projekt Red)</em>
Cronograma divulgado pela CD Projekt Red (Foto: divulgação/CD Projekt Red)

Por conta disso, o planejamento de conteúdos extras (DLCs) e as versões para a atual geração de consoles foi adiada. Tanto as DLCs quanto a atualização para PlayStation 5 e Xbox Series X|S devem sair ainda este ano, gratuitamente para quem já possui a versão atual de Cyberpunk 2077.

Sem crunch?

Uma das críticas ao desenvolvimento de Cyberpunk 2077 foi que os desenvolvedores tiveram seis dias semanais de trabalho com horas extras para entregar o jogo. Os relatos foram divulgados pelo jornalista da Bloomberg, Jason Scheirer. Este sistema em que desenvolvedores passam horas a mais do que deveriam trabalhando, com momentos restritos de folga é conhecido na indústria de games pelo termo em inglês “crunch”.

No vídeo, Iwiński chega a comentar sobre a questão. “Nosso time está trabalhando para trazer soluções relevantes para o jogo sem trabalho extra obrigatório. Evitar o crunch em todos nossos projetos futuros é uma das nossas prioridades”, informou.

Cyberpunk 2077 está disponível para PC, Stadia, PlayStation 4 e Xbox One, com retrocompatibilidade para os consoles de nova geração e versões otimizadas para PS5 e Xbox Series X e S a serem lançadas em 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: