Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.410,87
    -11,30 (-0,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

CVC diz que avalia follow-on e ações caem na bolsa

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - A CVC disse nesta quinta-feira que avalia a realização de uma oferta subsequente primária de ações e que engajou Citi e Bank of America para a potencial operação, segundo fato relevante ao mercado.

As ações do grupo de turismo caíam cerca de 3,8% em São Paulo, a 9,69 reais cada, e estavam entre as principais quedas do Ibovespa, que, por sua vez, cedia 0,69% por volta de 10h40.

A oferta teria como motivadores a gradual recuperação do setor de turismo nos últimos meses, com consequente aumento da procura por viagens de lazer e corporativas, segundo a CVC.

A CVC disse que avalia fontes de capital disponíveis e seus custos para dar suporte ao crescimento das operações.

A empresa reiterou que a realização da oferta ainda não foi aprovada e que sua execução depende de fatores incluindo condição favorável do mercado de capitais.

O grupo de turismo registrou em maio sua melhor performance mensal de reservas confirmadas desde janeiro de 2020, segundo números preliminares divulgados pela companhia nesta semana. Em março, o presidente da CVC, Leonel Neto, afirmou a analistas que a companhia preparava um forte plano de crescimento, com uma abertura "massiva" de lojas e aumento de investimento em marketing.

A companhia, que viu suas reservas despencarem no auge da pandemia, diante das restrições impostas às viagens, realizou dois aumentos de capital via subscrição privada recentemente, um em 2020 e outro em 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos