Mercado abrirá em 3 h 2 min

CVC chega a cair 15,08% no Ibovespa após indício de erro no balanço de 2019

Juliano Passaro
CVC chega a cair 15,08% no Ibovespa após indício de erro no balanço de 2019

A CVC (CVCB3) opera em forte queda na B3 nesta segunda-feira (2). Os papéis da empresa de turismo chegaram a registrar uma queda de 15,08% na Bolsa de Valores de São Paulo. Assim, as ações da agência de viagens chegaram a ser negociadas a R$ 21,85 por volta das 12h16.

A queda dos papéis da empresa aconteceu após a CVC informar que constatou, em uma avaliação preliminar, indícios de erros contábeis no balanço de resultados do quarto trimestre de 2019. A informação foi divulgada na noite da última sexta-feira (28) via fato relevante.

De acordo com a companhia de turismo, os erros foram detectados na "contabilização de valores transferidos aos fornecedores de serviços turísticos referentes às receitas próprias de tais fornecedores". Ou seja, os equívocos são referentes à diferença entre os valores provisionados no momento da contratação de um serviço turístico e os recursos que foram realmente transferidos após a realização das viagens.

Veja também: Hypera Pharma compra portfólio de medicamentos sem prescrição da Takeda

Segundo a avaliação preliminar, a empresa estima que o impacto dos ajustes em sua receita líquida de vendas poderá chegar a R$ 250 milhões.

O valor do ajuste considera os exercícios sociais de 2015 a 2019. De acordo com o fato relevante, o montante é equivalente a aproximadamente 0,5% das reservas totais e 4% da receita líquida da CVC no período acumulado até 30 de setembro de 2019.

"Os referidos ajustes contábeis, caso efetivados, não terão impacto sobre a geração e os saldos de caixa reportados nas demonstrações financeiras, uma vez que o capital de giro reportado no período seria diminuído no mesmo montante; e os valores foram devidamente transferidos aos fornecedores", informa o fato relevante divulgado pela companhia.

A CVC também comunicou o mercado que está trabalhando na elaboração das demonstrações financeiras de 2019 com o objetivo de apresentá-las no prazo estipulado anteriormente.