Mercado fechará em 5 h 39 min

Custo e escassez de insumos ainda afetam indústrias de CNI

*Arquivo* SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 08.01.2021 - Funcionários trabalham na fábrica da Mercedes, em São Bernardo do Campo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*Arquivo* SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 08.01.2021 - Funcionários trabalham na fábrica da Mercedes, em São Bernardo do Campo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A escassez e o alto custo dos insumos, que atingem a indústria desde o início da pandemia, voltaram a interferir na produção de 22 dos 25 setores pesquisados pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) no segundo trimestre, conforme relatório divulgado pela entidade nesta quarta-feira (27).

O problema é mencionado por cerca de 70% das indústrias de setores como veículos, calçados, higiene.

A dificuldade se espalha pela cadeia, segundo a CNI, porque metade da produção industrial é consumida como insumo pela própria indústria.

Ainda segundo a pesquisa da CNI com empresários do setor, a expectativa de normalização fica para 2023.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos