Mercado fechado

Curiosity fotografa Terra e Vênus no céu marciano enquanto observava estrelas

Daniele Cavalcante

Aqui, na noite noturna da Terra, podemos ver Marte sem a ajuda de instrumentos astronômicos. Mas já pensou como seria ver a Terra a partir do solo marciano? O rover Curiosity, da NASA, nos mostra. É que, de tempos em tempos, ele para de andar pelo solo marciano para observar as estrelas e, ao apontar a Câmera Matro (ou MastCam) para o céu, uma imagem panorâmica revelou a imagem da Terra em um dos frames, e de Vênus em outro.

Essa observação foi realizada durante 75 minutos após o pôr do Sol em Marte no dia 5 de junho de 2020. O objetivo era observar a luminosidade do período de pôr do Sol no Planeta Vermelho, pois, de acordo com Mark Lemmon, co-investigador da MastCam e pesquisador do Instituto de Ciência Espacial em Boulder, Colorado, nesta época do ano o ar marciano apresenta bastante poeira.

Duas imagens do céu estrelado foram sobrepostas para mostrar Terra e Vênus vistas pelo Curiosity da NASA. O solo de marte também pode ser visto (Imagem: NASA/JPL-Caltech)

Esse fenômeno faz com que a poeira reflita a luz solar, criando um ambiente muito mais claro que o tradicional. Isto também justifica a imagem obtida dos dois planetas: geralmente seriam captados como estrelas bem brilhantes, mas, devido à camada de poeira no ar dessa época do ano, aparecem como pontos pequenos de luz no céu. Lemmon também explica que, devido à mesma camada de poeira, estrelas de brilho moderado sequer foram capturadas na imagem da Mastcam. Ao fundo das novas imagens, é possível observar o topo da rocha Tower Butte, uma espécie de depósito de argila que é alvo de pesquisas do Curiosity há mais de um ano.

No dia 31 de janeiro de 2014, foi obtida uma imagem da Terra e Lua pela Mastcam, que, devido às características de altitude e diferenças nas camadas de poeira marcianas, tem uma qualidade e resolução bem diferentes das mais recentes.

Terra e Lua capturados no céu marcianopela Curiosity (Imagem: NASA)


Fonte: Canaltech