Mercado fechado

Cúpula do G7 anuncia proibição de importação de ouro da Rússia

Cúpula do G7 anuncia proibição de importação do ouro da Rússia. Foto: John MacDougall/Pool via REUTERS.
Cúpula do G7 anuncia proibição de importação do ouro da Rússia. Foto: John MacDougall/Pool via REUTERS.
  • Líderes do G7 divulgaram neste domingo (26) o banimento de ouro importado da Rússia;

  • Anúncio foi feito na abertura da cúpula do G7;

  • A medida faz parte do pacote de sanções impostas à Rússia.

Líderes do G7, grupo dos países mais industrializados do mundo, anunciaram o banimento de ouro importado da Rússia como parte das sanções impostas ao país devido à invasão na Ucrânia.

Comunicado do governo britânico alega que a proibição, aplicada ao ouro recém-extraído ou refinado, entrará em vigor na próxima terça-feira (28). Também ficou esclarecido que a medida não afetará o minério importado anteriormente.

Leia também:

Exportações de ouro da Rússia resultaram no impacto de US$ 15,45 bilhões, cerca de R$ 81 bilhões na cotação atual, na economia do país durante o ano passado.

De acordo com o governo britânico, oligarcas russos compraram barras de ouro há pouco tempo planejando diminuir o baque financeiro das sanções ocidentais.

“As medidas que anunciamos hoje atingirão diretamente os oligarcas russos e o coração da máquina de guerra de Putin”, afirmou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson.

“Precisamos privar o regime de Putin de seu financiamento. O Reino Unido e nossos aliados estão fazendo exatamente isso”, continuou ele.

Os líderes do grupo de sete países mais desenvolvidos do mundo se reuniram neste domingo em Berlim, na Alemanha.

O conflito na Ucrânia e sua relação direta na economia mundial, atingindo a precificação do gás, do petróleo e de alimentos, assim como a ameaça à segurança europeia, foram alguns dos principais temas debatidos da cúpula.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos