Mercado abrirá em 1 h 33 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    +0,83 (+1,10%)
     
  • OURO

    1.732,70
    -19,30 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    42.019,34
    -1.687,68 (-3,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.043,87
    -57,65 (-5,23%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.028,42
    -34,98 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.961,00
    -233,75 (-1,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2878
    -0,0190 (-0,30%)
     

Cuidado com o lixo: etiquetas e caixas de produtos podem expor dados pessoais

·1 minuto de leitura

A pandemia do COVID-19 e o isolamento social mudaram os hábitos de consumo dos brasileiros, que passaram a apostar mais nas compras online. Apesar de mais conveniente para muitos, a modalidade traz riscos para as informações pessoais dos clientes, conforme alerta o Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Segundo a entidade, dados como CPF, endereço e nome completo podem ser expostos caso o consumidor não preste atenção à maneira como descarta embalagens. Nos casos em que etiquetas são coladas na parte externa dos pacotes, é preciso tomar cuidado para descartar corretamente esse material e evitar que ele seja usado de forma inadequada.

Imagem: Divulgação/Mohamed Hassan/Pixabay
Imagem: Divulgação/Mohamed Hassan/Pixabay

“A maioria das pessoas simplesmente joga as embalagens e as correspondências no lixo, sem se darem conta de que seus dados estão impressos ali de forma clara”, afirmou ao Estado de Minas o coordenador do Procon Assembleia, Marcelo Barbosa. A orientação é que todos os dados de etiquetas jogadas fora estejam ilegíveis, evitando que as informações presentes nelas sejam usadas, o mesmo se aplicando para notas fiscais.

Documentos merecem atenção no descarte

A orientação vale tanto para etiquetas que estejam associadas a encomendas quanto para qualquer tipo de correspondência recebida. Contas de água, luz, internet, comunicações de banco e até mesmo propagandas direcionadas devem receber o tratamento necessário antes de serem jogadas no lixo — ao ser deixado na rua, ele está à disposição de qualquer pessoa.

Segundo Barbosa, os dados presentes nas correspondências podem ser usados para realizar cadastros fraudulentos, clonar cartões de crédito, obter empréstimos ilegalmente e até mesmo abrir contas bancárias. As informações também podem ser usadas para falsificar documentos e criar uma série de transtornos adicionais, incluindo tentativas de golpe que resultam no roubo de mais informações sensíveis.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos