Mercado abrirá em 3 h 16 min

Cuca pede dois reforços ao Santos; clube busca formas de atender aos pedidos do treinador

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

De olho na sequência da temporada, Cuca quer mais um meio-campista e um centroavante para o Santos. O treinador acredita que fortalecer essas posições é fundamental para o clube continuar bem no Campeonato Brasileiro e também para seguir brigando na Copa do Brasil e na Conmebol Libertadores.

De acordo com informações do UOL Esporte, o técnico está feliz com o desempenho da equipe, mas teme por mais baixas na sequência no calendário – Carlos Sánchez e Raniel, lesionados, desfalcarão o time até o ano que vem – e, por isso, pediu essas duas contratações.

Santos busca formas de atender aos pedidos de Cuca, mas caminho não é fácil. | Alexandre Schneider/Getty Images
Santos busca formas de atender aos pedidos de Cuca, mas caminho não é fácil. | Alexandre Schneider/Getty Images

O Peixe, no entanto, vai precisar superar algumas adversidades antes de ir ao mercado. Além das dificuldades financeiras, o clube ainda tem que contornar uma proibição da FIFA – para contratar, o time tem que entrar em acordo com o Atlético Nacional (COL) por dívida (R$ 5 milhões) pela compra de Felipe Aguilar.

"O professor Cuca precisa de reforços. Estamos num clube grande. Ele tem mais é que pedir reforço mesmo. Estamos impedidos por duas situações: pelo transfer ban e pela falta de recursos. Tirando esses processos da FIFA ou conseguindo uma operação financeira, a gente traz reforços para o professor Cuca poder ganhar a Libertadores", afirmou Orlando Rollo, presidente em exercício do Santos.

Sem condições econômicas, o Alvinegro praiano trouxe apenas quatro reforços na temporada, sendo Madson e Raniel no começo do ano e Laércio há poucos dias. Além do trio, o clube também contratou Robinho, mas este teve o seu contrato suspenso. E Copete não foi regularizado após empréstimo junto ao Everton, do Chile.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.