Mercado fechará em 2 h 39 min
  • BOVESPA

    114.500,40
    -1.167,38 (-1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.283,22
    +131,84 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,42
    +0,20 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.777,70
    -20,20 (-1,12%)
     
  • BTC-USD

    50.174,43
    +511,25 (+1,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.003,96
    +9,30 (+0,93%)
     
  • S&P500

    3.864,03
    -61,40 (-1,56%)
     
  • DOW JONES

    31.627,60
    -334,26 (-1,05%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.983,75
    -318,25 (-2,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7148
    +0,1443 (+2,20%)
     

Cuca lamenta desfalques, mas vê vitória merecida do Fortaleza

LANCE!/DIARIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


A derrota para o Fortaleza impediu o Santos de ganhar mais uma posição no Campeonato Brasileiro. Na entrevista coletiva virtual depois do jogo, o técnico Cuca fez a sua análise da partida e lamentou os inúmeros desfalques que teve, além dos poupados.

"Nós tivemos algumas baixas. Perdemos os volantes quase todos. Alison com Covid, Ivonei também. Balieiro teve entorse no joelho e Jobson também. Trabalhamos com três zagueiros para jogar aqui e perdi o Alex, também pelo joelho. Coloquei o Guilherme Nunes. Fizemos um bom primeiro tempo, até melhor, mas perdemos o pênalti. Sair na frente faz a diferença", disse o técnico, que complementou:

"No segundo tempo, eles tiveram o pênalti e converteram. Aí muda, entra no jogo do Fortaleza, de velocidade. Jogo foi de chances iguais, posse de bola também, mas no segundo tempo foram um pouco melhores e mereceram vencer", completou o treinador.

O pênalti perdido por Jean Mota também foi tema da entrevista do treinador. Cuca sabe que o lance aumentou a confiança do adversário e abalou a do meia.

"Muda você (a confiança) e o adversário, que passa a ter mais confiança. Falei: 'Jean, já foi'. Ele sentiu porque é dos mais experientes, bate bem, mas bateu mal, não pegou bem na bola. Ele tem toda nossa confiança".

O Santos volta para casa nesta sexta-feira e treina no sábado visando o jogo do próximo domingo, contra o Goiás, às 18h15, na Vila Belmiro. Vai ser o penúltimo compromisso da equipe antes da decisão da Libertadores, dia 30, contra o Palmeiras, no Maracanã.