Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.492,36
    -32,09 (-0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Cuba testa vacina contra COVID-19 em crianças e adolescentes

·1 minuto de leitura

Em meio às campanhas de vacinação contra COVID-19, as crianças e os adolescentes acabam ficando no fim da fila. No entanto, Cuba deu início a testes de vacinação no público infanto-juvenil: de 3 a 18 anos.

Os testes contemplam a vacina cubana intitulada Soberana 2, que garante uma proteção de 62% com apenas duas das três doses previstas (sendo a terceira considerada um reforço, e chamada de Soberana Plus). Mas o imunizante ainda está aguardando os resultados do teste de estágio final.

“Começamos com adolescentes e isso levou aos mais novos, já que os mais velhos demonstraram a segurança [da vacina]”, disse Meiby Rodríguez, diretora de pesquisa clínica do Instituto Finlay. Um total de 350 adolescentes esteve envolvido no estudo.

Cuba passa a testar vacina contra COVID-19 em crianças e adolescentes (Imagem: Rawpixel)
Cuba passa a testar vacina contra COVID-19 em crianças e adolescentes (Imagem: Rawpixel)

O país tem uma segunda vacina chamada Abdala, que conta com uma eficácia de 92% e atualmente está sendo implantada em todo o país, enquanto aguarda a aprovação final de emergência dos reguladores locais.

Cuba ainda enfrenta um aumento prolongado de casos de COVID-19 impulsionados pelas variantes Beta e Delta. Houve 188.023 casos desde o início da pandemia e 1.270 mortes, a grande maioria este ano. Os casos entre jovens estão ocorrendo na casa das centenas por dia, mas nenhuma morte foi relatada oficialmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos