Mercado fechado

CS:GO | paiN Gaming confirma favoritismo e vence o CLUTCH Brasileirão Season 1

Felipe Ribeiro

A paiN Gaming confirmou o favoritismo e é campeã da Season 1 do circuito Clutch de Counter Strike: Global Offensive. Com a vitória por 2x0 obtida na última sexta-feira (20), na Arena BBL, em São Paulo, a equipe conquistou seu quarto título de agosto para cá, consolidando-se como o melhor time do circuito brasileiro, além de obter a tríplice coroa do cenário Clutch. Já a Red Canids, que conseguiu reagir nas fases eliminatórias para se classificar à final, não foi párea para a paiN e terminou 2019 sem nenhuma taça.

Para familiarizar um pouco o leitor, o circuito Clutch é composto por cinco campeonatos: o BR League (Brasileirão do CS), o LAN e o LAS League, e os principais torneios do Brasil, LA League (a “Libertadores” do CS) e GC Masters, o “Major brasileiro”.

A competição é disputada no formato de pontos corridos em dois turnos, contando com as seis melhores equipes do cenário brasileiro. No primeiro turno, os dois times com melhor desempenho garantiram vaga nos playoffs da LA League. Já no segundo turno, as quatro equipes com melhor desempenho na competição foram para a Gamers Club Masters juntamente com outras duas provindas dos qualificatórios.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

A trajetória das duas equipes finalistas foi bem parecida, mas com altos e baixos em momentos diferentes. A paiN começou a primeira temporada do Brasileirão muito bem, o que rendeu para o time o "título" do primeiro turno do campeonato. Na segunda metade da competição, o rendimento caiu um pouco, mas os resultados foram suficientes para colocá-la em mais uma grande final em 2019.

Já pelo lado da RED Canids, a coisa foi um pouco diferente. Os lobos iniciaram a temporada bem abaixo das expectativas, com empates e derrotas amargas. Entretanto, a partir do segundo turno, a RED deu a volta por cima e buscou a emocionante classificação para a grande final apenas na última rodada, quando derrotou a própria paiN por dois mapas a zero.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Ao fim das duas temporadas, a premiação total do CLUTCH Circuit será de R$ 1,08 milhão, considerada a maior premiação do cenário latino-americano de CS:GO.

Prenúncio de que teríamos uma final das mais interessantes — e foi o que aconteceu.

Primeiro round

Depois de abrir incríveis 9x0, a Red Canids sofreu um dos maiores apagões da história do circuito de Counter-Strike e sofreu uma virada incrível da paiN Gaming, comandada por grandes atuações de "biguzera", que fez um grande campeonato e manteve o nível na decisão, e "hardzao", que foi um dos que mais obteve kills durante a rodada.

Imagem: Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

Com uma estratégia bem agressiva, parecia que os Lobos teriam vida fácil na primeira perna da decisão, mas logo a paiN conseguiu se recompor e conseguiu uma retomada impressionante, capitaneada pelo seu principal jogador. O descontrole da Red ao fim do round era visível não apenas in game, mas também entre os jogadores, que pareciam não entender o que estava acontecendo.

O 16x14, no fim das contas, foi justo e já mostrava que, no segundo round, o caminho para a taça já estava desenhado.

Segundo round

O segundo round, desde o início, mostrava uma paiN embalada e dominante. Nem mesmo as boas atuações de "RCF" e "latto", pelo lado da Red Canids, foram capazes de segurar o ímpeto dos adversários.

Imagem: Captura de Tela/ Felipe Ribeiro

O destaque do segundo round foi Nekis, da paiN, que em uma das rodadas acabou executando quatro dos cinco jogadores da Red, o que, naquele momento, funcionou como um banho de água fria nos adversários, que esboçavam uma pequena reação quando o placar apresentava um 7x1.

Ao final, o 16x7 refletiu bem o que foi a final do Brasileirão de CS:GO Clutch.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: