Mercado fechado

Felipão acerta com Cruzeiro que acerta com Felipão

Mauro Beting
·1 minuto de leitura
Cruzeiro anuncia o retorno de Felipão, 20 anos depois da chegada - INSTAGRAM CRUZEIRO
Cruzeiro anuncia o retorno de Felipão, 20 anos depois da chegada - INSTAGRAM CRUZEIRO

Felipão no Cruzeiro é uma deliciosa surpresa que enfim pode mexer em um clube em seu pior momento em quase 100 anos. Em um time em sua pior fase em quase 200 anos. Baita contratação. Mas ainda falta muita coisa, e muito mais gente chegando a um elenco frágil e fragilizado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Felipão no auge teria sérias dificuldades para reanimar um astral tão baixo quanto a posição na tabela na Série B de um grupo tão fraco quanto o nível da disputa.

Leia também:

Mas não há como negar que só a chegada dele já levanta o astral, a poeira e a lama que ainda empaca o Cruzeiro debilitado e debelado por direções desgovernadas e dolosas.

Felipão tem essa capacidade de escorar a casa antes que ela caia dolorosa. Mas é preciso ainda escoar muito chorume. E não basta apenas limpar a área das bestas do apocalipse e do Armagedom armado pelos incompetentes e irresponsáveis.

Felipão não entra em campo.

Felipão não joga.

Felipão, como o próprio Cruzeiro, já teve dias melhores. Mas juntos, se conseguirem dar um mínimo de condições ao treinador, conseguirão dar um jeito de estancar a hemorragia desatada. Freiam a inércia de um clube inerme. E podem realmente incutir uma mentalidade que, se não inteiramente vencedora, ao menos enxotam o vórtex que consome o Cruzeiro.

Só não se espere o Felipão de 2000.

Nem mesmo o Cruzeiro de 2018.

Aguardemos uma retomada lenta e gradual. Para algo que parecia mais uma queda abrupta e bruta.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos