Mercado fechado
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,39
    -0,17 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.814,00
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    38.310,77
    -1.100,18 (-2,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    928,35
    -15,09 (-1,60%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.030,50
    -15,75 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1758
    +0,0103 (+0,17%)
     

Cristiano Ronaldo brilha e quebra dois recordes históricos da Eurocopa

·1 minuto de leitura

A estreia de Portugal na Eurocopa estava entre os eventos mais esperados pelo torcedores. Além do desejo de ver uma das melhores gerações da seleção em campo, a legião de fãs de Cristiano Ronaldo estava na expectativa para ver duas quebras de recorde: jogador com maior participações no torneio de seleções; e maior artilheiro da história da competição. O camisa 7 não decepcionou e, de uma vez só, atingiu as duas marcas.

Só de adentrar aos gramados, o craque luso já havia se tornado o único atleta com cinco participações no campeonato - anteriormente, ele marcou presença nas edições de 2004, 2008, 2012 e 2016. A questão da artilharia, no entanto, dependia de, no mínimo, um tento. Porém, ele fez dois: o primeiro de pênalti aos 42 minutos do 2º tempo, e o segundo depois de driblar o goleiro Gulacsi, já nos acréscimos. O placar de 3 a 0 conta a Hungria, favorável ao time nacional comandado por Fernando Santos ainda teve contribuição de Raphaël Guerreiro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Agora, depois de quatro edições completas e uma em andamento, o atacante da Juventus contabilizou 11 gols e ultrapassou o francês Michel Platini, que se aposentou com nove tentos na competição - todos foram anotados na edição de 1984, que terminou com a França campeã.

Ainda sobre recordes, nesta segunda-feira (14), Lionel Messi superou Ronaldo e tornou-se o jogador com maior número de gols de falta em atividade. O argentino marcou contra o Chile, na Copa América, e chegou a incrível marca de 57 cobranças convertidas, enquanto o português possui 56. Será que vem mais uma disputa pessoal por aí?

Cristiano Ronaldo marcou duas vezes na estreia de Portugal na Eurocopa. | ALEX PANTLING/Getty Images
Cristiano Ronaldo marcou duas vezes na estreia de Portugal na Eurocopa. | ALEX PANTLING/Getty Images
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos