Crise permite a Portugal reduzir déficit financeiro de sua economia

Lisboa, 28 dez (EFE).- Portugal conseguiu reduzir o crônico déficit financeiro de sua economia no terceiro trimestre deste ano a um nível inédito de 0,7% do PIB, embora graças à queda do consumo e dos investimentos causada por sua grave crise.

Segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no mesmo período de 2011 esse déficit era muito mais alto, de 7,2%.

A menor necessidade de financiamento se explica, segundo o INE, por uma queda das importações de 1,5%, e um aumento de 0,9% das exportações, que mantiveram esta tendência nos dois últimos anos em meio à crise da dívida.

Com esses números, Portugal conseguiu uma inédita redução do financiamento externo de sua economia equivalente a 1,4 ponto percentual do Produto Interno Bruto (PIB) situado em 167,897 bilhões de euros.

Mas a queda das importações reflete a "forte diminuição" do consumo popular e de empresas e a queda dos investimentos, diz o INE, que constata também um aumento do índice de poupança familiar de 11,2% nesse trimestre.

Em um cenário de fortes cortes de gastos públicos e aumentos de impostos pelas medidas de austeridade aplicadas para cumprir as exigências do resgate financeiro luso, as remunerações das famílias caíram 1% nesse trimestre. EFE

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,10330,000,00%
    USDBRL=X
    3,2942-0,0005-0,02%
    EURBRL=X
    0,9423+0,0006+0,06%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    15,61-0,25-1,58%
    PETR4.SA
    10,16+0,16+1,60%
    ITSA4.SA
    16,76+0,46+2,82%
    LAME4.SA
    32,25+0,40+1,26%
    VALE5.SA
    9,15+0,35+3,98%
    RUMO3.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    3,30+0,52+18,71%
    TXRX4.SA
    3,75+0,49+15,03%
    TPIS3.SA
    4,49+0,52+13,10%
    INEP4.SA
    4,42+0,47+11,90%
    LFFE3.SA
    2,30+0,24+11,65%
    STBP3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,35-0,24-40,68%
    PFRM1.SA
    0,55-0,30-35,29%
    SULT3.SA
    5,20-1,05-16,80%
    TOYB3.SA
    2,06-0,32-13,45%
    MYPK11.SA
    3,80-0,58-13,24%
    LFFE4.SA