Mercado fechará em 4 h 14 min
  • BOVESPA

    112.470,17
    -1.958,01 (-1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.304,15
    -381,88 (-0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,49
    +0,05 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.771,20
    +5,50 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    61.927,15
    +78,84 (+0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.444,29
    -19,06 (-1,30%)
     
  • S&P500

    4.508,13
    +21,67 (+0,48%)
     
  • DOW JONES

    35.378,82
    +120,21 (+0,34%)
     
  • FTSE

    7.209,90
    +6,07 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.343,00
    +52,50 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4511
    +0,0596 (+0,93%)
     

Criptomoedas também seguem a dinâmica de Fibonacci

·2 minuto de leitura

O gráfico semanal do Bitcoin mostra que o ativo fez um forte movimento de alta que foi desde meados de outubro de 2020 até abril deste ano, quando então perdeu força e começou a ceder. Traçando as retrações de Fibonacci, é verificado que o movimento de queda alcançou a retração de 61,8% e respeitou o suporte por diversas vezes, até quando iniciou um novo movimento de alta.

O gráfico diário mostra que o bitcoin ficou por quase três meses em uma consolidação, trabalhando dentro de um retângulo. Quando o retângulo foi rompido o ativo armou um pivot de pré-rompimento que levou o preço até o alvo de 100% do retângulo no qual estava consolidado.

Após atingir o alvo, o ativo fez um forte movimento de baixa que levou o preço até a retração de 38,2% do movimento de alta.

Caso o ativo respeite o suporte e volte a subir, o primeiro alvo é o topo deixado no dia sete de setembro, já se o topo for rompido, um pivô estaria sendo acionado e seria possível traçar as projeções de Fibonacci que indicam os possíveis alvos.

Mas não é apenas com o Bitcoin que funciona.

O gráfico semanal de Ethereum mostra que o ativo realizou movimentos similares aos realizados pelo Bitcoin, fazendo um forte movimento de alta e respeitando as retrações de Fibonacci no movimento de queda.

No gráfico diário o movimento também foi muito parecido!

O ativo começou a subir no dia 21 de agosto e fez topo no dia três de setembro, tendo subido mais de 130% neste período. Na terça-feira da semana passada, dia sete de setembro, o preço caiu com força, mas parou na retração de 38,2%, onde ficou testando o suporte até segunda-feira desta semana, dia 13.

Ontem o ativo começou uma nova alta que tem como primeiro objetivo o topo do dia sete. Caso o preço rompa o topo, o ativo estará acionando um pivot de alta, sendo possível traçar as projeções, conforme o gráfico abaixo.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos