Mercado fechará em 4 h 20 min
  • BOVESPA

    111.986,71
    +1.782,94 (+1,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.104,39
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,37
    +0,77 (+0,90%)
     
  • OURO

    1.835,50
    -17,00 (-0,92%)
     
  • BTC-USD

    38.262,49
    +1.416,76 (+3,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    879,78
    +23,97 (+2,80%)
     
  • S&P500

    4.406,90
    +50,45 (+1,16%)
     
  • DOW JONES

    34.501,13
    +203,40 (+0,59%)
     
  • FTSE

    7.502,68
    +131,22 (+1,78%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,29 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    27.011,33
    -120,01 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    14.486,00
    +345,25 (+2,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1554
    +0,0033 (+0,05%)
     

Criptomoeda leva Kardashian e Mayweather para a Justiça

·2 min de leitura
Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. foram processados ​​por supostamente enganar investidores em uma criptomoeda chamada EthereumMax. (REUTERS/Mario Anzuoni) (REUTERS)
  • Criptomoeda leava Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. para a justiça dos Estados Unidos

  • Estrelas foram pagas para divulgar a EthereumMax, prometendo riqueza rápida para os usuários

  • EthereumMax não tem conexão com a segunda maior criptomoeda, Ethereum

Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. foram processados ​​por supostamente enganar investidores em uma criptomoeda chamada EthereumMax.

Leia mais

A estrela de reality show e ex-campeã de boxe foi paga para divulgar os tokens digitais baseados em blockchain para seus fãs, “fazendo com que os investidores comprem esses investimentos perdedores a preços inflacionados”, de acordo com a queixa apresentada no tribunal federal de Los Angeles. O ex-Boston Celtic Paul Pierce também foi apontado como réu no processo.

Kardashian foi acusada em setembro por um regulador financeiro do Reino Unido por atrair seus 250 milhões de seguidores do Instagram para a “criptobolha com ilusões de riquezas rápidas”.

Mayweather, uma das personalidades mais conhecidas de seu esporte, já havia entrado em conflito com reguladores por promover investimentos em criptomoedas. Ele foi multado pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA em 2018 por divulgar ofertas iniciais de moedas nas mídias sociais sem revelar que havia sido pago para isso.

Representantes de Kardashian e Mayweather não responderam imediatamente aos pedidos de comentários. Pierce não foi encontrado para comentar. O processo de 7 de janeiro foi relatado anteriormente pelo Wall Street Journal.

Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. foram processados ​​por supostamente enganar investidores em uma criptomoeda chamada EthereumMax. (Jasen Vinlove-USA TODAY Sports/Reuters)
Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. foram processados ​​por supostamente enganar investidores em uma criptomoeda chamada EthereumMax. (Jasen Vinlove-USA TODAY Sports/Reuters)

EMAX não é conectado com o Ethereum

O EMAX é descrito no processo como um “token digital especulativo criado por um misterioso grupo de desenvolvedores de criptomoedas”, que também são apontados como réus no caso.

“EthereumMax não tem conexão com a segunda maior criptomoeda, Ethereum”, de acordo com uma nota de rodapé na reclamação. “Seria semelhante a comercializar um restaurante como ‘McDonald’sMax’ quando não tinha afiliação com o McDonald’s além da semelhança de nome e do fato de ambas as empresas venderem produtos alimentícios.”

O caso foi arquivado como uma ação coletiva proposta em nome de todos que compraram tokens EMAX de meados de maio até o final de junho. A reclamação cita violações das leis de proteção ao consumidor da Califórnia e busca restituição pela “diferença entre o preço de compra dos EMAX Tokens e o preço pelo qual esses EMAX Tokens foram vendidos”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos