Mercado fechará em 1 h 10 min
  • BOVESPA

    113.446,70
    +414,73 (+0,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.705,40
    +67,04 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,14
    -3,27 (-3,66%)
     
  • OURO

    1.790,70
    -7,40 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    23.807,65
    -302,36 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    566,06
    -5,86 (-1,02%)
     
  • S&P500

    4.293,55
    -3,59 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    34.072,87
    +160,43 (+0,47%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,34 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.634,75
    -46,50 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2298
    +0,0513 (+0,99%)
     

Criminosos invadem casas pelo telhado em Niterói para roubar fios

·2 min de leitura

RIO — Moradores da Rua Dr Mário Viana, em Santa Rosa, relatam que, nos últimos 20 dias, criminosos têm invadido seus imóveis de madrugada para roubar fios e outros equipamentos que contenham cobre. Só na semana passada, cinco propriedades foram furtadas. Os invasores costumam entrar pelo forro do telhado.

— Chegamos na quarta-feira e os quatro aparelhos de ar-condicionado não estavam funcionando. Na quinta, já não tinha luz. Chamamos um técnico, que constatou que roubaram toda a fiação elétrica e todos os tubos de cobre dos aparelhos de refrigeração. Do terreno vizinho, eles fizeram um buraco no vão que fica entre o telhado e a laje e furtaram os fios que passam por essa área. Tivemos um prejuízo de R$ 5 mil, pela necessidade de reinstalar tudo e pelos dias sem atendimento — conta Andrea Carneiro, proprietária de uma clínica de estética no local.

Dono de um galpão de conserto de ar-condicionado na rua, o empresário Hélio Márcio já foi vítima do crime três vezes no último mês. Ao todo, perdeu tubos de cobre de quatro desses aparelhos, parte da fiação elétrica e um motor de geladeira, o que representa um dano de R$ 20 mil.

— Os criminosos não levam materiais que não tenham valor para venda em ferro velho. E a nossa suspeita é que estejam vendendo os produtos dos roubos num ferro velho que abriu recentemente aqui. Desconfiamos porque o estabelecimento só opera de madrugada e porque os furtos começaram depois que o espaço começou a funcionar — explica.

A Polícia Militar informa que o comando do 12ºBPM (Centro) reforçará o policiamento na região.

A Polícia Civil informa que a 77ª DP (Icaraí) investiga a ação criminosa na localidade e que imagens de câmeras de segurança instaladas na região estão sendo coletadas. Diz que policiais da unidade realizam diligências e atuam em parceria com agentes do Programa Segurança Presente Niterói em busca de informações que ajudem a identificar a autoria dos crimes.

Em relação ao ferro-velho, a delegacia informa que realiza vistorias rotineiras em estabelecimentos deste tipo a fim de fiscalizar os materiais e responsabilizar os proprietários que sejam receptadores de produtos de origem ilícita.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos