Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,88
    -0,27 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.668,50
    -1,50 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    19.607,84
    +571,27 (+3,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,10
    +18,32 (+4,27%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.539,25
    +205,50 (+1,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2326
    +0,0727 (+1,41%)
     

Criminosos criam cédula de R$ 420 com estampa de maconha e bicho-preguiça

Cédula foi encontrada durante uma ação contra suspeitos acusados de integrarem uma facção criminosa (Getty Images)
Cédula foi encontrada durante uma ação contra suspeitos acusados de integrarem uma facção criminosa

(Getty Images)

  • PF apreende cédula de R$ 420 no Acre;

  • Nota estampava uma planta de maconha e um bicho preguiça;

  • Do outro lado, aparecia a efígie da República soltando fumaça pela boca.

A Polícia Federal apreendeu, neste sábado (6) uma cédula de R$ 420 que estampava uma planta de maconha e um bicho-preguiça. Do outro lado, aparecia a efígie da República soltando fumaça pela boca - uma clara sátira, segundo a PF.

“O que mais chamou atenção foram os desenhos de maconha e bicho-preguiça estampados na nota. No outro lado da cédula falsa, a efígie da República aparece soltando uma fumaça pela boca”, disse em nota.

A apreensão foi feita mesmo sem a existência de crime de falsificação, já que não existe uma nota de R$ 420 em circulação. Ela foi encontrada durante uma ação de mandato de busca e apreensão de dois suspeitos acusados de integrar uma facção criminosa em Rio Branco, Acre.

A investigação, conforme divulgado pelo UOL, foi conduzida pela Força-Tarefa de Segurança Pública, composta por policiais civis e militares, e começou no começo do mês após uma denúncia de que duas pessoas vinculadas à facção estariam armazenando material ilícito em suas residências. Os envolvidos vão responder pelo crime de integrar organização criminal armada.

Número de cédulas falsas cai 30% em 2021

No ano passado, o número de notas falsas identificadas pelo Banco Central caiu cerca de 30%, em comparação ao ano anterior. Foram identificadas 227,3 mil cédulas fraudadas em 2021, diante das 321,2 mil em 2020.

Segundo dados do BC, o número vem caindo desde 2019, quando registrou queda de 11,20% em relação ao ano anterior. Já entre os anos de 2019 e 2020, a queda foi ainda mais expressiva atingindo 35,6%.

O Banco Central atribui as seguidas quedas no índice de cédulas apreendidas “à realização de ações exitosas de combate ao crime de falsificação de dinheiro executadas pela Polícia Federal".