Mercado fechará em 3 h 57 min
  • BOVESPA

    116.539,21
    +404,75 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.673,16
    +243,41 (+0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,52
    +2,89 (+3,46%)
     
  • OURO

    1.733,30
    +31,30 (+1,84%)
     
  • BTC-USD

    20.091,27
    +739,68 (+3,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,95
    +10,51 (+2,36%)
     
  • S&P500

    3.784,22
    +105,79 (+2,88%)
     
  • DOW JONES

    30.251,93
    +761,04 (+2,58%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.644,00
    +358,25 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1381
    +0,0642 (+1,27%)
     

Criadores de conteúdo do OnlyFans ganharam mais de R$ 20 bilhões em 2021

Os negócios nunca estiveram melhores para o OnlyFans, a rede social de compra e venda de conteúdo adulto. A empresa divulgou nesta quinta-feira (1) os resultados financeiros de 2021 e impressionou pelo crescimento expressivo.

Sediada no Reino Unido, a companhia obteve receita líquida de US$ 932 milhões (cerca de R$ 4,8 bilhões) e apresentou lucro de US$ 433 milhões (mais de R$ 2,2 bilhões). Em 2020, o lucro havia sido de "apenas" US$ 61 milhões (mais de R$ 318 milhões) — aumento de mais de 7 vezes.

Crescimento recorde do site de venda de fotos e vídeos adultos (Imagem: Reprodução/OnlyFans)
Crescimento recorde do site de venda de fotos e vídeos adultos (Imagem: Reprodução/OnlyFans)

Os produtores de conteúdo do OnlyFans ganharam US$ 3,86 bilhões (cerca de R$ 20,1 bilhões) em 2021, crescimento de 115% no comparativo com o ano anterior. O bom resultado elevou o total de pagamentos da empresa para mais de US$ 8 bilhões (mais de R$ 41,8 bilhões) desde a fundação do site, em 2016. A receita bruta, com os impostos já descontados, mais do que dobrou para US$ 4,8 bilhões (cerca de R$ 25 bilhões) em novembro de 2021.

O crescimento financeiro também veio acompanhado da ampliação do número de criadores: 34% no ano passado, equivalente a 2,16 milhões. Já a base de usuários cadastrados no OnlyFans saltou 128% em apenas um ano e agora representa 188 milhões de pessoas do mundo inteiro.

A modelo Blac Chyna foi a criadora mais bem remunerada do OnlyFans, com um faturamento médio de US$ 20 milhões por mês, equivalente a mais de R$ 100 milhões. A segunda colocada foi Bella Throne, com cerca de US$ 11 milhões mensais ou R$ 57 milhões, com Cardi B fechando o pódio na terceira posição — lucro de US$ 9,34 bilhões por mês (quase R$ 49 milhões). Os dados são do serviço de pesquisa Statista, já que o site não costuma abrir dados sobre os criadores por uma questão de privacidade.

Segundo o CEO do OF, Amrapali “Ami” Gan, o incrível resultado é fruto da política de colocar o criador sempre em primeiro lugar. “Estamos capacitando os criadores a monetizar seu conteúdo e ter controle real sobre ele”, explicou em comunicado. Gan era diretor de marketing e só assumiu o cargo após o fundador do site, Tim Stokely, renunciar ao cargo em dezembro de 2021.

OnlyFans em busca de outros mercados

Embora não tenha sido concebido como um site para adultos, o OF se tornou a principal plataforma para comercialização de fotos e vídeos sexuais. Muitos criadores também cobram para enviar mensagens aos seguidores ou até fazer um showzinho privativo. A rede até tentou proibir conteúdo sexual explícito na plataforma, mas precisou retroceder em prol dos lucros.

Segundo a empresa, a meta para o futuro é promover a marca também fora das "verticais tradicionais", ou seja, buscar novos nichos e mercados para seguir em ascensão. Uma das iniciativas mais recentes para potencializar esse plano foi a OFTV, um serviço de streaming gratuito que oferece vídeos sem conteúdo pornográfico.

A companhia segue na luta para trazer personalidades e na produção de conteúdos próprios, como um reality show com estrelas da TV britânica. Outra linha de atuação é uma estratégia de relações públicas e governança para lidar com a forma equivocada como algumas pessoas enxergam o site.

Por enquanto, o OnlyFans continua lucrando em cima do mercado sexual, que se mostra incrivelmente lucrativo. Aqui no Brasil, é possível encontrar várias celebridades por lá como Mirella, Suzy Cortez, Jéssica Alves, Jaque Khury, Natália Casassola e até a cantora Anitta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: