Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.316,16
    -1.861,39 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.774,91
    -389,10 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,38
    -1,63 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.927,60
    -2,40 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    22.924,69
    -37,10 (-0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,66
    +9,65 (+1,87%)
     
  • S&P500

    4.070,56
    +10,13 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    33.978,08
    +28,67 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.765,15
    +4,04 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.221,00
    +114,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5462
    +0,0265 (+0,48%)
     

Criação de vagas no setor privado dos EUA supera expectativas em dezembro, mostra ADP

Pessoas fazem fila do lado de fora de um centro de carreira recém-reaberto para consultas presenciais em Louisville, EUA, 15 de abril de 2021. REUTERS/Amira Karaoud

WASHINGTON (Reuters) - A criação de empregos privados nos Estados Unidos foi maior do que o esperado em dezembro, apontando para uma demanda ainda forte por mão de obra, apesar da taxa de juros mais alta.

Foram abertos 235 mil postos de trabalho no setor privado no mês passado, mostrou o Relatório Nacional de Emprego da ADP nesta quinta-feira, contra 150 mil esperados em pesquisa da Reuters. Os dados de novembro não foram revisados e mostram criação de 127 mil vagas.

O relatório da ADP, desenvolvido em conjunto com o Laboratório de Economia Digital de Stanford, foi publicado antes do relatório de emprego mais abrangente e acompanhado de perto do Departamento do Trabalho referente a dezembro, a ser divulgado na sexta-feira. Os dados da ADP têm sido um preditor ruim dos números do relatório de emprego do governo.

De acordo com uma pesquisa da Reuters com economistas, a abertura de vagas privadas provavelmente foi de 180 mil em dezembro no relatório do Departamento do Trabalho, após 221 mil em novembro.

Combinada com os ganhos de empregos previstos no governo, a criação de vagas geral fora do setor agrícola deve totalizar 200 mil empregos. A economia dos EUA criou 263 mil empregos em novembro.

(Por Lucia Mutikani)