Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,89
    -0,31 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.822,90
    +8,90 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    30.023,84
    -960,46 (-3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,04
    +424,36 (+174,87%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.236,75
    -146,00 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2805
    +0,0214 (+0,41%)
     

Criação de vagas no setor privado dos EUA desacelera em abril, diz ADP

Anúncio de vaga em posto de combustível de San Diego, EUA

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas no setor privado dos Estados Unidos aumentou menos do que o esperado em abril, provavelmente devido à persistente escassez de mão de obra.

Foram criados 247.000 postos de trabalho no mês passado, mostrou o Relatório de Emprego Nacional da ADP nesta quarta-feira.

Os dados de março foram revisados para mostrar abertura de 479 mil vagas em vez das 455 mil informadas inicialmente.

Economistas consultados pela Reuters projetavam criação de 395 mil postos de trabalho em abril.

Dados do governo divulgados na terça-feira mostraram que havia um recorde de 11,5 milhões de vagas em aberto no último dia de março.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos