Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,38
    +0,10 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.713,00
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    50.911,95
    +2.619,57 (+5,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.018,18
    +30,09 (+3,05%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.675,47
    +61,72 (+0,93%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.204,40
    -354,70 (-1,20%)
     
  • NASDAQ

    12.645,50
    -36,25 (-0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7730
    -0,0057 (-0,08%)
     

Crew-4: conheça dois dos astronautas que irão à ISS com a Crew Dragon em 2022

Daniele Cavalcante
·2 minuto de leitura

A NASA já anunciou dois astronautas que farão parte da missão Crew-4, a quarta viagem operacional tripulada da NASA em uma espaçonave da SpaceX. A Crew Dragon levará Kjell Lindgren e Bob Hines, comandante e piloto, respectivamente, para a Estação Espacial Internacional (ISS) em 2022. Outros tripulantes ainda não designados pela agência espacial deverão compor o restante da tripulação.

O lançamento será através de um foguete Falcon 9, no Complexo 39A de Lançamento do Centro Espacial Kennedy, da NASA, que fica na Flórida. Então, os astronautas passarão algum tempo no laboratório orbital ao lado de outros parceiros internacionais. Antes deles, entretanto, ainda serão lançados os astronautas da Crew-2, em abril, e da Crew-3, no final do segundo semestre deste ano.

Kjell Lindgren

(Imagem: Reprodução/NASA)
(Imagem: Reprodução/NASA)

Lindgren já foi viajou ao espaço uma vez, em 2015, permanecendo na ISS durante 141 dias, onde realizou dezenas de experimentos científicos e duas caminhadas espaciais. Doutor em medicina, ele já serviu como cirurgião adjunto da tripulação STS ‐ 130, uma missão da NASA na época do ônibus espacial — por sinal, aquela foi a última missão do ônibus espacial Endeavour — em 2010, e também da Expedição 24, no mesmo ano.

Durante sua estadia anterior da ISS, Lindgren participou de mais de cem experimentos científicos diferentes, incluindo pesquisas em fisiologia humana, física de fluidos e combustão, ciência terrestre e espacial, desenvolvimento de tecnologia, entre outros campos da ciência. Realizou algumas experiências com alface vegana no espaço, sendo essa a primeira ocasião em que um astronauta estadunidense comeu alimentos de uma colheita cultivada em órbita.

Suas caminhadas espaciais foram realizadas no final de 2015, a primeira tendo como objetivo instalar uma manta térmica no Espectrômetro Alfa-Magnético e direcionar cabos externos. Sua segunda spacewalk teve como foco a manutenção do sistema de controle térmico externo da estação. Em dezembro de 2020, a NASA anunciou Lindgren como um dos astronautas da Equipe Artemis, ou seja, ele fará parte das tripulações que deverão viajar à Lua, em algum momento a partir de 2024.

Bob Hines

(Imagem: Reprodução/NASA)
(Imagem: Reprodução/NASA)

Hines é tenente-coronel da Força Aérea dos Estados Unidos, e foi selecionado como astronauta da NASA em 2017. Esta será sua primeira missão espacial. Formado na Universidade de Boston como bacharel em engenharia aeroespacial, atuou apoiando vários destacamentos militares no Oriente Médio, África e Europa; serviu como piloto de teste de voo para a Federal Aviation Administration; e voou como piloto de pesquisa no Johnson Space Center da NASA em Houston.

Após acumular mais de 3.500 horas de voo em 50 tipos diferentes de aeronaves, e voar em 76 missões de combate em 3 tipos diferentes de aeronaves, apresentou-se como candidato a astronauta na turma de 2017. Após concluir o curso, tornou-se qualificado para realizar sua primeira missão.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: