Mercado abrirá em 5 h 42 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,31
    +0,41 (+0,63%)
     
  • OURO

    1.834,00
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    58.845,06
    +672,12 (+1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.565,78
    +130,00 (+9,05%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.155,30
    +25,59 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.550,55
    -60,10 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.673,50
    -36,25 (-0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

Crew-1: Nasa e SpaceX adiam novamente retorno da tripulação

Rafael Rigues
·2 minuto de leitura
Crew-1: Nasa e SpaceX adiam novamente retorno da tripulação
Crew-1: Nasa e SpaceX adiam novamente retorno da tripulação

A Nasa e a SpaceX anunciaram nesta quinta-feira (29) que o retorno da tripulação da Crew-1 à Terra foi adiado novamente. A partida da Estação Espacial Internacional (ISS) estava programada esta sexta-feira (30) com o pouso no Oceano Atlântico, próximo à costa da Flórida, no sábado (1º de maio).

O motivo, novamente, é o clima desfavorável, com ventos fortes na região acima dos limites estabelecidos para um retorno seguro. Equipes da Nasa e da SpaceX irão se reunir nesta sexta-feira (30) para analisar as próximas oportunidades de retorno da Crew-1.

Segundo a agência espacial norte-americana, a cápsula Crew Dragon está em “excelente forma” na estação, e todos os tripulantes estão ocupados com pesquisas sobre a fisiologia humana, manutenção da estação e treinamento de emergência, além das atividades relacionadas à partida da espaçonave Crew Dragon “Resilience”.

Os onze astronautas atualmente a bordo da ISS. Ao fundo, a tripulação da Crew-2: Shane Kimbrough, Akihiko Hoshide, Thomas Pesquet e Megan McArthur. Ao meio, os tripulantes da Soyuz MS-18: Mark Vande Hei, Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov. À frente a equipe da Crew-1, que retorna em breve: Shannon Walker, Victor Glover, Michael Hopkins e Soichi Noguchi
Os onze astronautas atualmente a bordo da ISS. Ao fundo, a tripulação da Crew-2: Shane Kimbrough, Akihiko Hoshide, Thomas Pesquet e Megan McArthur. Ao meio, os tripulantes da Soyuz MS-18: Mark Vande Hei, Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov. À frente a equipe da Crew-1, que retorna em breve: Shannon Walker, Victor Glover, Michael Hopkins e Soichi Noguchi

É a segunda vez que o pouso da Crew-1 é adiado devido ao mau-tempo: ele estava originalmente programado para esta quarta-feira (28). Os astronautas estão preparados para uma chegada “dinâmica”, especialmente no momento da abertura dos paraquedas. Michael Hopkins afirma que estará feliz “se ainda tiver apetite” quando a cápsula atingir o oceano.

“Com este novo veículo, e não tendo pousado antes, o importante é ter certeza de que você está um passo à frente da cápsula. Isso é algo em que todos nós temos focado nos últimos dias, nos preparando para o pouso, apenas repassando nossos procedimentos e nos certificando de que, quando entrarmos nessa sequência de eventos, estaremos prontos para ir”, afirma.

Ao pousar, os quatro astronautas terão de encarar a dura realidade da pandemia de Covid-19, que continua a assolar o planeta. “Na verdade, estaremos em semi-quarentena, que nem quando decolamos, porque quando voltamos nosso sistema imunológico está um pouco deprimido”, disse Shannon Walker. Os astronautas também estão ansiosos para tomar suas doses da vacina contra a doença, algo que segundo médicos da Nasa acontecerá de sete a dez dias após o pouso.

Leia mais:

Atualmente a ISS está com lotação máxima e 11 tripulantes a bordo. São quatro da Crew-1 (Shannon Walker, Victor Glover e Michael Hopkins, da Nasa, e Soichi Noguchi, da Jaxa), três da Soyuz-MS 18 (Mark Vande Hei, da Nasa, e Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov, da Roscosmos) e quatro da Crew-2 (Akihiko Hoshide, da Jaxa, Shane Kimbrough e Megan McArthur, da Nasa, e Thomas Pesquet, da ESA). Hoshide é o comandante da estação durante a “Expedição 65”, a 65ª equipe a ocupar a estação.

Fonte: Nasa