Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    18.949,92
    +55,40 (+0,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Crescimento do volume de negócios impulsiona lucro do BNP Paribas

·1 minuto de leitura
.
.

PARIS (Reuters) - Um aumento nas negociações de moedas e commodities no terceiro trimestre ajudou a colocar o BNP Paribas no caminho para superar previsão de lucro para 2020, apesar da redução nas margens causadas pelas taxas de juros mais baixas.

O BNP Paribas reportou lucro líquido trimestral de 1,89 bilhão de euros, queda de 2,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita ficou praticamente estável em 10,89 bilhões. Analistas previam lucro líquido próximo a 1,57 bilhão de euros e receita próxima a 10,66 bilhões, de acordo com estimativa compilada pela Refinitiv.

"O BNP Paribas demonstra sua alta resiliência graças à sua solidez financeira, sua diversificação e o poder de execução de suas plataformas", disse o presidente-executivo, Jean-Laurent Bonnafe, em comunicado.

O lucro líquido do banco nos primeiros nove meses caiu 13,4%, acima de sua projeção de lucro para o ano inteiro de queda de 15% a 20%, que o banco não alterou.

(Por Maya Nikolaeva e Matthieu Protard)