Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.528,97
    +456,35 (+0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,61
    +0,17 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.781,20
    +2,80 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    55.538,01
    +665,52 (+1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.274,33
    +39,91 (+3,23%)
     
  • S&P500

    4.134,94
    -28,32 (-0,68%)
     
  • DOW JONES

    33.821,30
    -256,33 (-0,75%)
     
  • FTSE

    6.859,87
    -140,21 (-2,00%)
     
  • HANG SENG

    28.661,58
    -474,15 (-1,63%)
     
  • NIKKEI

    28.512,28
    -588,10 (-2,02%)
     
  • NASDAQ

    13.740,75
    -53,50 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0153 (-0,23%)
     

Crescimento forte da indústria na China em março impulsiona recuperação, mostra PMI oficial

Stella Qiu e Gabriel Crossley
·1 minuto de leitura
Fábrica de cabos de fibra ótimo em Huzhou, China

Por Stella Qiu e Gabriel Crossley

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China expandiu no ritmo mais forte em três meses em março uma vez que as fábricas aceleraram a produção após breve pausa durante os feriados do Ano Novo Lunar, com a melhora da demanda global ampliando a força para uma sólida recuperação econômica.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria subiu a 51,9 de 50,6 em fevereiro, mostraram nesta quarta-feira dados da Agência Nacional de Estatísticas, permanecendo acima da marca de 50 que separa crescimento de contração pelo 13º mês seguido.

Analistas esperavam alta a 51,0.

"As última pesquisa oficial de PMI sugere que após ser afetado por problemas devido ao vírus mais cedo neste ano, o crescimento se recuperou com força este mês", disse Julian Evans-Pritchard, economista sênior da Capital Economics, em nota a clientes.

A atividade industrial chinesa normalmente paralisa durante a pausa do Ano Novo Lunar, mas neste ano milhões de trabalhadores permaneceram em casa devido a temores pela Covid-19, o que levou a uma retomada da atividade nas fábricas antes do normal.

O PMI oficial, que foca mais em empresas grandes e estatais, mostrou que ambos os subíndices de produção e novas encomendas permaneceram no nível mais alto desde dezembro. As encomendas de exportação voltaram a crescer em meio à melhora da demanda externa, mostrou a pesquisa.