Mercado abrirá em 5 h 14 min
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,65
    -0,26 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.798,10
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    37.041,29
    -1.035,37 (-2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    877,12
    -38,37 (-4,19%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    6.937,06
    -88,37 (-1,26%)
     
  • HANG SENG

    24.867,03
    -1.325,29 (-5,06%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    15.070,25
    -47,50 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1014
    -0,0089 (-0,15%)
     

Crescimento da indústria da China desacelera em junho por Covid-19, mostra PMI do Caixin

·1 minuto de leitura
Fábrica em Huzhou, China

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China expandiu a um ritmo mais fraco em junho, uma vez que o ressurgimentos dos casos de Covid-19 na província exportadora de Guangdong e preocupações com a cadeia de oferta levaram a produção para o menor nível em 15 meses, mostrou nesta quinta-feira uma pesquisa privada.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit caiu a 51,3 no mês passado de 52 em maio, marcando o 14º mês de expansão, mas abaixo das expectativas de analistas de 51,8.

Os resultados mais fracos na pesquisa do Caixin/Markit, que cobre principalmente fábricas pequenas e orientadas para exportação, ficaram em linha com as da pesquisa oficial, que mostrou que o crescimento da indústria caiu para mínima em quatro meses.

O subíndice de produção caiu a 51,0 em junho, patamar mais baixo desde março de 2020, quando o setor industrial começou a se recuperar da paralisia provocada pela Covid. O crescimento das novas encomendas também caiu para mínima de três meses.

As novas encomendas de exportação quase não cresceram, em comparação com uma expansão robusta no mês anterior, uma vez que o aumento dos casos de Covid-19 no mundo, especialmente da nova variante Delta, afetou a demanda.

Mais de 150 casos do novo coronavírus foram informados na província de Guangdong, centro industrial de exportação e indústrias, desde que a última onda de casos começou no final de maio, levando governos locais a intensificar a prevenção e o controle que prejudicaram a capacidade de processamento do porto.

(Reportagem de Stella Qiu e Ryan Woo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos