Mercado fechará em 3 h 22 min
  • BOVESPA

    111.308,00
    -2.275,01 (-2,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.179,44
    -419,09 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,96
    -0,49 (-0,65%)
     
  • OURO

    1.738,30
    -13,70 (-0,78%)
     
  • BTC-USD

    41.596,85
    -1.720,64 (-3,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.028,72
    -28,42 (-2,69%)
     
  • S&P500

    4.356,78
    -86,33 (-1,94%)
     
  • DOW JONES

    34.344,02
    -525,35 (-1,51%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.818,25
    -376,50 (-2,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3409
    +0,0341 (+0,54%)
     

Crescimento da França no 2º tri é revisado para cima a 1,1%

·1 minuto de leitura
Distrito de La Defense, em Paris

PARIS (Reuters) - A economia da França se recuperou ligeiramente com mais força no segundo trimestre do que o calculado inicialmente, uma vez que os gastos dos consumidores foram retomados após o lockdown devido ao coronavírus, informou nesta terça-feira a agência nacional de estatísticas INSEE.

A segunda maior economia da zona do euro cresceu 1,1% nos três meses até o fim de junho, depois de ficar estagnada nos três meses anteriores, disse a INSEE, revisando para cima a taxa de 0,9% do segundo trimestre informada anteriormente.

A alta deixa a economia 3,2% abaixo do nível pré-crise alcançado no final de 2019, diferença que o governo espera ser tirada antes do final deste ano.

A economia se recuperou rapidamente na segunda metade do segundo trimestre conforme reabria após o lockdown e o programa de vacinação ganhava velocidade.

Os gastos dos consumidores, tradicional motor por trás da economia francesa, subiram 1,0% no segundo trimestre enquanto o investimento empresarial aumentou 1,9%, disse a INSEE.

O governo projeta que a economia vai crescer 6% este ano, depois de contrair 8,0% no ano passado.

(Reportagem de Leigh Thomas)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos