Mercado abrirá em 2 h 2 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,39
    -1,26 (-1,49%)
     
  • OURO

    1.788,70
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    58.854,75
    -3.841,52 (-6,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.411,85
    -93,30 (-6,20%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.257,18
    -20,44 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.529,50
    -15,50 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4602
    +0,0061 (+0,09%)
     

Crescimento é o maior desafio para economias emergentes, diz economista-chefe do Banco Mundial

·1 minuto de leitura
Logo do Grupo Banco Mundial

LONDRES (Reuters) - A falta de crescimento é o maior desafio econômico que as economias em desenvolvimento enfrentam, disse a economista-chefe do Banco Mundial nesta segunda-feira.

O crescimento econômico foi essencial para a redução da pobreza, bem como para a geração de receitas governamentais para uso em espaço fiscal, redes de segurança social e provisão de bens públicos, disse Carmen Reinhart, economista-chefe do Banco Mundial.

"Tínhamos um desafio em muitos mercados emergentes e países em desenvolvimento mesmo antes da pandemia, o crescimento começou a desacelerar por volta de 2015", disse ela.

"Com o crescimento vêm os empregos, com o crescimento e os empregos vêm a recuperação."

O Banco Mundial espera arrecadar 100 bilhões de dólares em doações para o fundo da Associação Internacional de Desenvolvimento para os países mais pobres lidarem com "reversões trágicas no desenvolvimento" causadas pela pandemia de Covid-19, disse seu presidente, David Malpass, nesta segunda-feira, acrescentando que as disparidades de crescimento entre as economias avançadas e os países em desenvolvimento estão piorando.

(Por Tom Arnold)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos