Cresce número de operadoras de planos de saúde com boas avaliações, aponta ANS

SÃO PAULO – A quantidade de operadoras de planos de saúde classificadas como “boas” ou “muito boas” cresceu 53% nos últimos 12 meses, segundo relatou um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (13), que avaliou 1.239 operadoras de todo o País.

Já os considerados como “muito ruim”, que variam na pontuação de 0 a 0,19 caiu de 383 operadoras em 2010 para 54 no ano passado.

Durante o lançamento do Espaço de Qualidade no site da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) foi aberta as consultas públicas ao IDSS (Índice de Desenvolvimento da Saúde Suplementar) – ferramenta que traz avaliações dos planos de saúde, com valores que vão de 0 a 1. Os considerados “bons” ou “muito bons” estão na faixa de 0,60 a 1 e, conforme relatou o órgão, subiram de 482 planos em 2010 para 735 em 2011.

As operadoras foram avaliadas em quatro dimensões: assistencial, econômico-financeira, estrutura/operação e satisfação do beneficiário, tomando como base o cumprimento às normas estabelecidas pela ANS.

Espaço de Qualidade
Nas palavras do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, “o Espaço de Qualidade promoverá transparência, facilitando o acesso à informação na hora de escolher ou mudar de plano”.

Para o diretor-presidente interino da ANS, André Longo, a agência vai continuar implementando as medidas necessárias para garantir a sustentabilidade do setor e a melhor assistência ao beneficiário. “Os resultados do IDSS demonstram que estamos no caminho certo”, afirma.

Carregando...