Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.166,02
    +68,88 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Creone, do Trio Parada Dura, recebe vacina contra Covid

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Creone, 80, do grupo Trio Parada Dura, recebeu neste domingo (7) a primeira dose da vacina contra a Covid-19. "Hoje recebi uma picada de esperança. Esperei muito por este dia, porque sentimos na pele a dor da perda", afirmou. O Trio Parada Dura perdeu um de seus membros para a doença em novembro do ano passado. Parrerito tinha 67 anos e tinha diabetes. Ele estava no grupo desde 1982, quando entrou como substituto de seu irmão, Barrerito, ao lado de Creone e Xonadão. Creone, que na verdade se chama Floriovaldo Ferreira, foi imunizado no estacionamento da Prefeitura de Uberlândia (MG), onde mora com a família. Ele disse em comunicado que vai "orar para que o Brasil possa dar esta dose de confiança para todos." O Trio tinha planos para celebrar os 50 anos de carreira, que serão completados neste ano, mas diante da pandemia eles foram suspensos. O grupo, criado em 1971, já teve várias formações. Creone é o mais antigo da atual formação, tendo entrado em 1975.