Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.450,01
    +873,02 (+2,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

CRB toma susto, mas vence Brasil de Pelotas pela Série B

·4 minuto de leitura


Nesta terça-feira (22), a Série B retornou para a sua 6ª rodada e o CRB recebeu o Brasil de Pelotas, no Estádio Rei Pelé. Melhor em grande parte da partida, o Galo Alagoano abriu o placar ainda no primeiro tempo em cobrança de pênalti batido por Diego Torres. Na segunda etapa, os visitantes empataram com Rômulo, mas Erik entrou no jogo e fez o gol da vitória mandante.

Com a vitória, o CRB subiu para a 6ª colocação, com 10 pontos, estando apenas há um do G4. Enquanto isso, o Brasil de Pelotas estaciona na 15ª posição tendo cinco. Na próxima sexta-feira, o Galo Alagoano viaja até Santa Catarina para enfrentar o Avaí, na sexta-feira (25), às 16h30 (horário de Brasília). Por sua vez, no mesmo dia, mas 19h, o Xavante recebe a Ponte Preta, no Bento de Freitas.

Reginaldo e Lucas Santos, os mais acionados

A primeira etapa começou sem grandes chances para os dois lados. O CRB buscou alinhar suas ações ofensivas pelo lado direito, com o meia/lateral Reginaldo sendo o homem mais acionado. Foi assim que chegou o camisa 7 cabeceou para o gol após cruzamento de de Guilherme Romão.

Enquanto isso, o Brasil de Pelotas concentrava a sua posse de bola em Lucas Santos. o ex-Vasco tabelou com Bruno Matias, que tentou chute bonito, mas Diogo Silva fez defesa tranquila. Posteriormente, Gum falhou no sistema defensivo, Lucas Santos recebeu dentro da área adversária e bateu forte, mas Diogo Silva interviu. No rebote, Fabrício arriscou, mas mandou para fora, acertando a rede.

Emoção e bola na rede

Aos 36 minutos, Diego Torres cobrou falta com perfeição, a bola passou por cima da barreira e passou perto no travessão. Logo depois, Jean Patrick acionou Hyuri na área, Leandro Camilo tentou cortar com carrinho, mas atingiu o atacante e o árbitro assinalou o pênalti.

Aos 36 minutos, Diego Torres cobrou falta com perfeição, a bola passou por cima da barreira e passou perto no travessão. Logo depois, Jean Patrick acionou Hyuri na área, Leandro Camilo tentou cortar com carrinho, mas atingiu o atacante e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Diego Torres bateu alto, no meio do gol e abriu o marcador para o CRB.

Quem não faz, toma!

Na volta do intervalo, o o CRB quase ampliou o placar com Reginaldo, em falha do zagueiro Héverton, que substituiu o amarelo Leandro Camilo. Assim, o camisa 7 alagoano antecipou o marcador e tocou na saída de Matheus Nogueira, com perigo. Mais tarde, Alisson Farias recebeu na esquerda, cortou para o meio e finalizou, seria um gol plástico se não fosse pela grande defesa de Matheus Nogueira.

Aquela grande mística entrou no Estádio Rei Pelé: quem não faz, toma! Aos 18 minutos, Lucas Santos bateu falta na primeira trave, Rômulo desviou, o goleiro Diogo Silva rebateu e no rebote o meio-campista não perdoou e mandou para as redes, empatando o duelo.

Substitutos resolvendo!

Mesmo com o gol sofrido, a CRB continuou forte no campo ofensivo e quase marcou o segundo. Bressan bateu fechado, a bola bateu em Romão após rebatida da defesa xavante e passou perto do gol.

Logo depois, os dois atacantes que entraram na segunda etapa participaram do segundo tento galino. Aos 24', Vitão rolou para Erik, que bateu colocado, a bola ainda desviou no adversário e foi morrer nas redes, 2 x 1 CRB.

Mais tarde, Renan Bressan recebeu, dominou, bateu colocado, mas Matheus Nogueira apareceu para defender. Por pouco o Brasil de Pelotas não conseguiu o empate com Matheuzinho, mas a bola bateu na trave.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CRB 2 X 1 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL
Data/horário: 22 de junho de 2021, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Leonardo Sigari Zanon (PR)
Assistente 1: João Fábio Machado Bischilliari (PR)
Assistente 2: Weber Felipe Silva (PR)
Gols: Diego Torres (41'/1T) (1-0), Rômulo (18'/2T) (1-1), Erik (24'/2T) (2-1)
Cartões amarelos: Leandro Camilo e Bruno Matias (Brasil de Pelotas), Carlos Jatobá (CRB)

CRB: Diogo Silva; Gelsinho, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Marthã 46'/2T), Jean Patrick (Carlos Jatobá 36'/2T), Reginaldo e Diego Torres (Renan Bressan - Intervalo); Hyuri (Vitão - Intervalo) e Alisson Farias (Erik 19'/2T). Técnico: Allan Aal.

BRASIL DE PELOTAS: Matheus Nogueira; Vidal (Thalys 28'/2T), Leandro Camilo (Héverton - Intervalo), Ícaro e Artur; Rômulo (Kevin 28'/2T), Bruno Matias (Wesley 32'/2T), Lucas Santos e Gabriel Pierini; Fabrício (Matheuzinho 28'/2T) e Ramon. Técnico: Cláudio Tencati.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos