Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    62.170,88
    -577,12 (-0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Crítico do Kremlin Navalny é transferido para colônia penal fora de Moscou para cumprir sentença

Tatyana Makeyeva e Maria Tsvetkova
·1 minuto de leitura

Por Tatyana Makeyeva e Maria Tsvetkova

POKROV, Rússia (Reuters) - O crítico do Kremlin Alexei Navalny foi transferido para uma colônia penal fora de Moscou para cumprir sua sentença, disse uma comissão pública neste domingo, semanas depois de ele retornar à Rússia após ser envenenado.

O paradeiro de Navalny era desconhecido desde quinta-feira, quando seus aliados souberam que havia sido transferido de uma das prisões mais infames de Moscou para um local não revelado.

Navalny, de 44 anos, foi preso ao voltar da Alemanha no mês passado e condenado a mais de dois anos e meio de prisão por violações de liberdade condicional que, segundo ele, foram forjadas.

O opositor foi transferido para uma colônia penal na região de Vladimir, informou em seu site a Comissão de Monitoramento Público de Moscou, que defende os direitos dos presos e tem acesso às pessoas sob custódia.

A agência de notícias estatal TASS especificou que Navalny cumprirá sua pena na colônia penal número 2 na cidade de Pokrov, cerca de 100 quilômetros a leste de Moscou.