Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.133,66
    -295,36 (-1,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Crítica Terrifier 2 | Terror é ainda mais perturbador para estômagos mais fracos

Finalmente chegou aos cinemas brasileiros o polêmico filme Terrifier 2, que fez muitos norte-americanos se sentirem mal nos cinemas. A notícia sobre esses incidentes não só ajudou as distribuidoras a trazerem o filme para cá, como preparou o público para o que viria.

Quem assistiu ao primeiro Terrifier, de 2016, já sabia que o filme de horror slasher é intragável quando se fala em mortes, torturas, tripas e muito sangue. Terrifier 2 consegue se superar ainda mais, fazendo sentido os vômitos e desmaios que vem causando nas salas de cinema.

Atenção: esta crítica pode conter spoilers de Terrifier 2!

<em>Art, the Clown é o assassino (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)</em>
Art, the Clown é o assassino (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)

Art, the Clown

Tanto no primeiro quanto no segundo filme, o diretor Damien Leone não conta muito bem que é Art, the Clown, o palhaço assassino de. No primeiro até é possível acreditar que ele é um humano, talvez possuído por alguma entidade. Mas como ele morre ao final do do filme e reaparece no segundo, a ideia de Art não ser uma criatura bizarra vinda das profundezas do inferno fica mais distante.

O palhaço macabro é interpretado por David Howard Thornton, que já conta com algumas produções de terror em seu currículo. O ator já interpretou Grinch em um musical da Broadway, e Art é o seu primeiro papel no cinema, estrelado com maestria.

Antes de entrar no slasher de Terrifier 2, vale pontuar o quão assustador Art consegue ser. Thornton aterroriza não só na excelente caracterização, que treme as pernas de quem tem medo de palhaços, como nos trejeitos. O assassino não esboça qualquer som de sua boca e apela para a mímica nas poucas tentativas de se comunicar.

Art comemora suas mortes como se estivesse ganhando um campeonato de futebol, mas também faz mímica de choro debochado quando alguém vê o que ele fez com a vítima, além de erguer os ombros como se dizesse "opa, desculpa". Vemos ainda o palhaço com as vítimas completamente destroçadas brincando com o que restou do corpo, sendo apenas um grande amontoado de carne.

<em>O palhaço é cruel e debochado (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)</em>
O palhaço é cruel e debochado (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)

Gore ao extremo

Terrifier 2 é "gore" ao extremo. Quem tem o costume de ver filmes de terror slasher, assistindo todo e qualquer longa do gênero lançado, talvez já esteja acostumado. Filmes trash, por exemplo, são os que mais apelam para cenas perturbadoras e que causam enjoo, mas para chegar nesses títulos a pessoa realmente tem que ser uma apreciadora do estilo.

Mas quem está acostumado a assistir filmes de terror mainstream, Terrifier 2 pode ser extremamente traumatizante. O longa se popularizou justamente por fazer as pessoas passarem mal no cinema, mas não significa que ele é "só mais um filme de terror". É preciso ser forte para aguentar.

A fatídica cena do quarto é uma das experiências mais traumatizantes que uma pessoa sensível pode experienciar nos cinemas. O assassinato da personagem é repleto de cenas gratuitas de tortura, porque para Art, The Clown não basta matar, mas causar muita dor. O palhaço se alimenta do sofrimento das vítimas, de arrancar os olhos delas, de escalpelar, esmagar o cérebro, fatiar as pernas, entre todos os piores detalhes que você pode imaginar em um filme de terror.

<em>Terrifier 2 traz elementos que começam a dar forma à história de Art (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)</em>
Terrifier 2 traz elementos que começam a dar forma à história de Art (Imagem: Divulgação/Dark Age Cinema)

E a história?

O primeiro filme não se esforça em trazer um roteiro mais aprofundado, apenas mostrando duas mulheres sendo perseguidas pelo palhaço e as consequências provocadas pela única sobrevivente do massacre. Já Terrifier 2 começa a dar indícios de mostrar quem é Art, the Clown e suas motivações para provocar tanta carnificina.

As perseguições de Sienna (Lauren LaVera) e Jonathan (Elliot Fullam) são mais contextualizadas, relacionando o pai da dupla de irmãos, já morto, com os assassinatos provocados por Art. Vemos, então, que o homem previu que somente ela conseguiria detê-lo, detalhe que alimenta teorias sobre o pai ter conhecido o palhaço, ou ainda ser ele.

Terrifier 2 também traz todo seu absurdo de filme trash com a espada que o pai de Sienna deixou com ela, que não só serviu para ela decapitar o palhaço, como para ressuscitá-la, como se uma entidade vivesse no objeto. Todos esses acontecimentos deixaram mais dúvidas do que esclarecimentos, mas podem ser apenas a porta de entrada para um filme de origem de Art.

Damien Leone, diretor do filme, já revelou que Terrifier 3 será o mais assustador até então, deixando as expectativas lá no alto para mais respostas e muito mais sangue. Talvez, no entanto, não seja no próximo que veremos de onde surgiu o palhaço, mas sim o seu ressurgimento mais uma vez, continuando a bizarra cena pós-créditos.

Terrifier 2 já pode ser assistido nos cinemas de todo o Brasil; garanta seu ingresso na Ingresso.com.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: