Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.969,03
    +15,75 (+0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Crítica Manifest | Netflix mergulha no absurdo e deixa série ainda mais surreal

Para gostar de Manifest, é preciso estar de cabeça aberta e mergulhar em teorias malucas sobre acontecimentos ainda mais esquisitos. A série, que conta a história do voo 828 e seus passageiros, acaba de chegar à Netflix em sua quarta e última temporada, e está prestes a desvendar esse mistério.

Manifest surgiu como uma produção da NBC, mas havia sido cancelada após três temporadas. A Netflix, então, ouviu os fãs e adquiriu os direitos da trama, renovando-a para uma temporada final. Os últimos episódios foram divididos em duas partes, e a primeira já está disponível.

<em>Manifest é uma série cheia de mistérios (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Manifest é uma série cheia de mistérios (Imagem: Divulgação/Netflix)

Atenção: esta crítica contém spoilers de Manifest!

A série Manifest começa com um salto temporal de dois anos na história, provavelmente como uma forma de acelerar os acontecimentos para concluir a trama em apenas mais uma temporada. Então, dois anos se passaram desde que Angelina (Holly Taylor) assassinou Grace (Athena Karkanis) e sequestrou a bebê Eden.

Logo no primeiro episódio, nos deparamos com um Ben (Josh Dallas) mais sombrio, que passou a ignorar os chamados para focar em encontrar Angelina e Eden. Enquanto suas investigações não são bem-sucedidas, pouco também aconteceu entre os passageiros.

Até o início da quarta temporada, as teorias sobre o que estava acontecendo estavam ficando cada vez mais claras, sendo o incidente e os chamados mais próximos da paranormalidade e algo divino. Tudo ainda é inexplicável e absurdo, desde a relação de simbologias mitológicas com pedras de safira, até o retorno de Cal (Ty Doran) com a idade que realmente deveria ter no mundo real.

<em>A série retorna com um salto temporal de dois anos (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
A série retorna com um salto temporal de dois anos (Imagem: Divulgação/Netflix)

O que está acontecendo em Manifest?

Mesmo com tantos absurdos, Manifest consegue ser envolvente. Você não busca uma explicação para o que os próprios personagens estão descobrindo, apenas aceita tudo o que a trama entrega. Diferente de algumas produções de mistério, é praticamente impossível adivinhar o que está acontecendo. A série é como uma deliciosa salada de elementos divinos e ficção científica, temperada com muito drama e investigação.

A primeira parte da temporada 4 mostra que a resposta será uma grande reviravolta, mas com chances de nos deixar ainda mais confusos. O criador da série e um dos roteiristas, Jeff Rake, trouxe mais visibilidade para Angelina, transformando a personagem na grande vilã desses momentos finais, o que deixa a série um pouco mais com os pés no chão. Não contente em assassinar e sequestrar, agora ela consegue controlar os chamados para conseguir o que quer, ficando mais perigosa do que nunca.

A data da morte dos passageiros está cada vez mais próxima, com o caos aumentando à medida que o final da série se aproxima. Muitas investigações ainda devem ser feitas por Ben, Michaela (Melissa Roxburgh) e os outros passageiros, mas agora com o agravante de driblar Angelina e o governo, que não estão colaborando em nada. Agora, precisamos esperar para os momentos finais e concluir se algo realmente faz sentido nesta série.

A primeira parte da quarta e última temporada de Manifest já está disponível na Netflix em 10 episódios. Ainda não há data de estreia para a parte final.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: