Mercado abrirá em 20 mins
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,60
    +1,15 (+1,30%)
     
  • OURO

    1.711,50
    -9,30 (-0,54%)
     
  • BTC-USD

    19.879,08
    -409,52 (-2,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,77
    -11,35 (-2,45%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    7.021,01
    +23,74 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.393,75
    -148,00 (-1,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0883
    -0,0252 (-0,49%)
     

Crítica The Handmaid's Tale | Temporada 5 dá continuidade à vingança de June

Na quarta temporada de The Handmaid's Tale, vimos que June (Elizabeth Moss) conseguiu escapar para o Canadá, ainda que sem conseguir resgatar a filha da terrível tirania que se instaura na República de Gilead.

Ao fim da temporada, a personagem elaborou um plano para descontar toda a sua raiva do Comandante (Joseph Fiennes) o matando, afetando diretamente a esposa Serena (Yvonne Strahovski). Então, na quinta temporada, vamos ver como o plano de vingança da protagonista vai continuar, e o quanto o país que já foi os Estados Unidos será afetado.

The Handmaid's Tale já tem data para retornar em seus novos episódios, e o Canaltech já assistiu ao começo dessa nova fase da saga de June contra Gilead.

Atenção: esta crítica pode conter spoilers da quinta temporada de The Handmaid's Tale!

<em>A vingança de June terá altos e baixos na quinta temporada (Imagem: Divulgação/Hulu)</em>
A vingança de June terá altos e baixos na quinta temporada (Imagem: Divulgação/Hulu)

Mais do que desejar que June escapasse de vez de Gilead, o momento mais esperado por quem acompanha a trama é o desmanche da ditadura, trazendo os Estados Unidos de volta. The Handmaid's Tale sempre foi uma série caótica e difícil de assistir, já que as situações mais extremas mostradas nela fazem referência ao nosso mundo real. Agora, nessa nova fase, é hora de os refrescos começarem a aparecer.

Nova fase

As cenas mais perturbadoras dos crimes horrendos cometidos pela República de Gilead já não são mais mostrados com tanta frequência, uma vez que a série se encaminha para a fase de vingança e, possivelmente, salvação. June sempre negou o papel de vítima e nunca aceitou que agora era essa sua vida, força que foi motivada pela esperança de resgatar a filha.

O início da quinta temporada, portanto, consegue mostrar uma June ainda mais disposta a conseguir se vingar, mas deixando seu lado mais "selvagem" tomar conta, sem pensar de forma mais sã nas consequências de seus atos. Ainda que The Handmaid's Tale tenha se tornado menos perturbadora de assistir, a tirania do novo governo continua presente, aparecendo logo no começo da temporada, inclusive, mostrando uma triste despedida de personagens que mereciam voltar a ter uma vida digna.

De acordo com os episódios iniciais, a série está pronta para trazer ainda mais caos à batalha contra Gilead, com Elizabeth Moss brilhando mais uma vez em uma atuação de impacto. A quinta temporada teve um bom começo, e os fãs poderão se deleitar com uma vingança digna de um bom thriller.

Assista ao trailer da temporada 5:

The Handmaid's Tale estreia a quinta temporada no Brasil no dia 18 de setembro, exclusivamente no Paramount+.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: