Mercado fechará em 8 mins
  • BOVESPA

    113.089,35
    +325,09 (+0,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.695,88
    -157,49 (-0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,26
    -2,83 (-3,07%)
     
  • OURO

    1.795,50
    -20,00 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    24.050,75
    -244,01 (-1,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    571,10
    -19,66 (-3,33%)
     
  • S&P500

    4.296,96
    +16,81 (+0,39%)
     
  • DOW JONES

    33.910,26
    +149,21 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.692,50
    +114,75 (+0,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1724
    -0,0311 (-0,60%)
     

Crítica Chloe | Suspense psicológico entrega o que promete e vai direto ao ponto

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os assinantes do Amazon Prime Video já podem conferir a estreia de um novo suspense psicológico no catálogo: Chloe. A série, que possui apenas seis episódios, conta a história de Becky Green e sua amiga de infância que dá nome à trama.

Protagonizada por Erin Doherty (Becky) e Poppy Gilbert (Chloe), a premissa da produção é nos apresentar a uma amizade de adolescência que já não existe mais, deixando apenas a obsessão de um dos lados. Logo, a trama promete momentos de tensão e acontecimentos misteriosos.

<em>Erin Doherty interpreta Becky Green (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)</em>
Erin Doherty interpreta Becky Green (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

Atenção: esta matéria contém spoilers de Chloe!

Chloe começa mostrando a personalidade de Becky Green parecida com a de Joe Goldberg, da série Você da Netflix, com exceção dos assassinatos cometidos pelo criminoso. A obsessão da personagem pela ex-amiga, Chloe, chega a ser doentia e nos faz questionar sobre o quanto mostramos de nós mesmos nas redes sociais.

Com uma rotina completamente diferente da aparente vida perfeita da ex-amiga, que parece ter sido bem sucedida em todos os aspectos da vida, Becky lentamente começa a tomar seu lugar. Chloe morre após se jogar de um penhasco, mas desde o começo a história se mostra um tanto quanto estranha e cheia de pontas soltas.

Obsessão

Com a obsessão se tornando ainda maior, Erin Doherty entrega uma excelente atuação de uma pessoa perturbada, mas com um pequeno fio de sanidade. Enquanto nós, espectadores, ficamos indignados com Becky usando o nome da irmã morta, Sasha, para se infiltrar na vida da ex-amiga, inclusive conquistando a melhor amiga e o viúvo, queremos que ela continue, pois algo de muito errado precisa ser solucionado.

A série Chloe, então, acerta em trazer um suspense psicológico que vicia e intriga. Mas, diferente da maioria das produções do gênero, também queremos que Becky continue com suas ações perturbadoras para que a verdade seja escancarada. Aos poucos, descobrimos que Chloe estava cercada de pessoas perigosas, intencionalmente ou não, e que a justiça deve ser feita.

<em>Becky se infiltra na vida de Chloe (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)</em>
Becky se infiltra na vida de Chloe (Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video)

Enquanto Becky descobre que Chloe tinha um marido que a abusava psicologicamente, pais que não acreditavam na própria filha e amigos que não poderiam ligar menos para a sua saúde mental, somos revelados a verdade. No entanto, quando isso acontece, fica pouco claro quais serão as consequências, deixando muitas questões em aberto para uma possível segunda temporada. Tampouco tudo isso é apresentado de forma desconfortável, o que deixa a série menos empolgante.

É como se Becky concluísse a sua investigação e pensasse: "ok, e agora?". Em meio aos cenários nublados e melancólicos da cidade de Bristol, na Inglaterra, Chloe é uma série interessante e que entrega muito bem a sua proposta misteriosa e um pouco agonizante, apesar de não ser uma das melhores do gênero.

O que faltou, no entanto, seria um desfecho mais convincente para o que as pessoas passariam a pensar sobre Chloe, e também sobre a vida pessoal e profissional de Becky, assim como a sua saúde mental. A personagem até reconhece que precisa de ajuda, mas a trama acaba bruscamente com poucas conclusões.

Você já pode assistir aos seis episódios da primeira temporada de Chloe no Amazon Prime Video.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos