Mercado fechará em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    110.088,25
    -100,32 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,46
    +0,21 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.787,00
    +4,60 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    16.851,71
    -171,21 (-1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,10
    -6,70 (-1,67%)
     
  • S&P500

    3.941,26
    -57,58 (-1,44%)
     
  • DOW JONES

    33.596,34
    -350,76 (-1,03%)
     
  • FTSE

    7.515,84
    -5,55 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.457,50
    -108,50 (-0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5039
    +0,0252 (+0,46%)
     

Crítica Casamento às Cegas | Episódio final compensa temporada 3 morna

A terceira temporada de Casamento às Cegas chegou ao fim incluindo já o episódio com o primeiro reencontro do elenco. O reality show começou mostrando que precisava se reinventar para que a fórmula continuasse interessante, mas, com os episódios seguintes, vimos que os próprios participantes conseguiram salvar a temporada.

Casamento às Cegas é um reality show que tem o intuito de mostrar se o amor é realmente cego. Então, ele reúne homens e mulheres que se conhecem em cabines para conversar sem ter qualquer contato visual, se atraindo apenas pela personalidade e outros fatores em comum. Na temporada 3, graças a um elenco um tanto quanto complicado, a nova leva de episódios ficou mais interessante somente no final.

<em>A temporada demorou para empolgar (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
A temporada demorou para empolgar (Imagem: Divulgação/Netflix)

Os primeiros episódios da temporada 3 de Casamento às Cegas mostraram que alguns participantes, principalmente os homens, pareciam estar lá apenas pela fama. É claro que escolher participar de um reality show envolve mais essa questão do que qualquer outra coisa, mas é preciso ter vontade de mergulhar de cabeça na brincadeira.

Participantes como Cole e Bartise, por exemplo, só sabiam falar da aparência das escolhidas para serem suas noivas de forma negativa, e da aparência de quem eles perderam de forma positiva. É claro que isso causou grandes conflitos ao longo da trama, o que já era de se esperar, mas na hora de dizer "sim" ou "não" no altar a surpresa foi grande.

Foi uma temporada difícil de acertar quem iria se casar ou não, já que alguns participantes resolveram improvisar a resposta para o que sentissem no momento, como Bartise e SK, e outros pareciam ter treinado um "não" triunfal para se sair bem no final, como fez Zanab. A discussão entre Zanab e Cole rendeu mais conteúdo para o episódio de reunião, acabando com a produção colocando um "tira-teima" ao final do programa.

<em>Nem todos os participantes se casam no final (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Nem todos os participantes se casam no final (Imagem: Divulgação/Netflix)

A temporada 3 de Casamento às Cegas, ainda assim, foi a menos cheia de "barracos" e intrigas, como se as mulheres já soubessem o que encontrariam no programa e estivessem mais fechadas para não sofrerem tanto. O próprio comportamento dos noivos e noivas do reality show comprovam que a Netflix precisa trazer elementos novos e dinâmicas diferentes para que a série continue sendo interessante, afinal não é sempre que um elenco consegue salvar um programa.

Casamento às Cegas é mais um reality show que precisa de drama e emoção para se sustentar, não apenas de finais felizes. Ainda que algumas reviravoltas tenham acontecido no final da temporada 3, é crucial que as próximas tragam mais entretenimento a cada episódio para continuar sendo uma boa opção da plataforma de streaming.

A terceira temporada de Casamento às Cegas já está disponível completa na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: