Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,75
    -0,40 (-0,49%)
     
  • OURO

    1.665,90
    -4,10 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    19.465,62
    +349,24 (+1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,10
    +18,32 (+4,27%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.533,00
    -22,75 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2269
    -0,0057 (-0,11%)
     

Crítica Bom Dia, Verônica | Temporada 2 da série continua intensa e importante

Em 2020, a Netflix nos apresentou a mais uma de suas produções originais: a série de investigação Bom Dia, Verônica. A trama protagonizada por Tainá Muller conta a história da personagem que dá nome ao título, uma policial determinada a resolver um caso de abuso sexual e corrupção.

Depois dos desastres da primeira temporada, que mostrou que a série se aprofundava na temática da violência doméstica, a personagem precisou fugir e fingir que tinha morrido para o marido e os filhos. Porém, decepcionada por não ter conseguido salvar a vítima que tanto protegeu, tenta se redimir e, escondida, mergulha em um novo caso.

Atenção: esta crítica pode conter spoilers da segunda temporada da série Bom Dia, Verônica!

<em>Tainá Muller mais uma vez brilha como a protagonista que só quer justiça (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Tainá Muller mais uma vez brilha como a protagonista que só quer justiça (Imagem: Divulgação/Netflix)

Intensidade

A segunda temporada de Bom Dia, Verônica traz novos personagens interessantes para suprir a falta dos incríveis Eduardo Moscovis e Camila Morgado. Dessa vez, entram os atores Reynaldo Gianecchini, Camila Márdita e Klara Castanho para estrelar ao lado de Tainá Muller.

A evolução de Gianecchini desde que começou a fazer novelas é bastante nítida. Em Bom Dia, Verônica, o ator mostra que a prática ao longo dos anos pode levar à perfeição, uma vez que o artista conseguiu encarnar o vilão Matias Carneiro com muita dedicação.

Ao lado da esposa e da filha, o grande vilão da temporada, sem dúvidas, é o maior atrativo dos novos episódios. O trabalho de Gianecchini fica ainda mais fácil pelas companhias em cena, com Márdila e Castanho também executando perfeitamente suas personagens.

<em>O trio de novos personagens se destaca na série (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
O trio de novos personagens se destaca na série (Imagem: Divulgação/Netflix)

Tema

A temática da nova temporada da série policial Bom Dia, Verônica é ainda mais intensa e pesada do que a primeira, se é que esses diferentes tipos de abusos podem ser comparados. A reviravolta dos momentos finais dos novos episódios provocam um desconforto digno de náuseas e desespero, principalmente ao imaginar que essas situações acontecem na vida real.

Bom Dia, Verônica não é sobre ficção, mas sobre alertar de situações que estão ao nosso redor envolvendo o abuso físico, sexual e psicológico de mulheres. A série pode, de fato, provocar gatilhos, assim como diversas obras intensas de ficção, mas também pode abrir os olhos e alertar para a possibilidade de algo parecido estar acontecendo em nossa volta.

Mais uma vez, Bom Dia, Verônica vale a maratona da Netflix. A segunda temporada já está completa na plataforma de streaming.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: