Mercado fechado

Crédito imobiliário com recurso da poupança sobe 31% em fevereiro

Álvaro Campos

No acumulado de 12 meses (março de 2019 a fevereiro de 2020), os empréstimos para aquisição e construção de imóveis somaram R$ 82,26 bilhões, alta de 37,2% O crédito imobiliário com recursos da poupança movimentou R$ 6,38 bilhões em fevereiro, com queda de 10,7% em relação a janeiro e alta de 31% frente a fevereiro do ano passado, segundo a Abecip, associação das instituições que oferecem essa modalidade de crédito.

No acumulado de 12 meses (março de 2019 a fevereiro de 2020), os empréstimos para aquisição e construção de imóveis somaram R$ 82,26 bilhões, com alta de 37,2% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

Foram financiados 25,5 mil imóveis em fevereiro, o que representa queda de 8,5% ante janeiro, mas alta de 29,6% na comparação com fevereiro do ano passado.

A Caixa se manteve na liderança do setor, com R$ 2,353 bilhões financiados nas modalidades construção e aquisição em fevereiro. O Bradesco ficou em segundo lugar, com R$ 1,593 bilhão, e o Itaú Unibanco apareceu em terceiro, com R$ 1,376 bilhão.

Getty Images