Mercado abrirá em 7 h 40 min
  • BOVESPA

    110.203,77
    +2.266,66 (+2,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.104,39
    +213,80 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,21
    -0,39 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.847,20
    -5,30 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    37.330,39
    +964,25 (+2,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    849,31
    +28,73 (+3,50%)
     
  • S&P500

    4.356,45
    -53,68 (-1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.297,73
    -66,77 (-0,19%)
     
  • FTSE

    7.371,46
    +74,31 (+1,02%)
     
  • HANG SENG

    24.283,31
    +39,70 (+0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.102,14
    -29,20 (-0,11%)
     
  • NASDAQ

    14.216,00
    +75,25 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1548
    +0,0027 (+0,04%)
     

CPI dos benefícios fiscais em SP, que pode desgastar Alckmin, França e Doria, inicia trabalhos

·1 min de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  21-11-2021, 12h00: Prévias do PSDB para definição do candidato do partido para as eleições do ano que vem. O governador de SP João Dória chega para as prévias. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 21-11-2021, 12h00: Prévias do PSDB para definição do candidato do partido para as eleições do ano que vem. O governador de SP João Dória chega para as prévias. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A CPI dos benefícios fiscais na Alesp (Assembleia Legislativa de SP) elegeu seu presidente, Paulo Fiorilo (PT), e seu vice, Edmir Chedid (DEM), e deu início a seus trabalhos, o que poderá implicar em desgaste nos próximos meses para João Doria (PSDB) e seus antecessores no governo de SP, como Márcio França (PSB) e Geraldo Alckmin (de saída do PSDB), todos com pretensões eleitorais para 2022.

O objetivo da CPI é investigar eventuais irregularidades na concessão de benefícios fiscais, que, segundo o PT, resultaram na renúncia de receita de R$ 115 bilhões em dez anos, que deve ser o período de abrangência das investigações.

Diversos benefícios fiscais estavam sob sigilo, o que gerou nos últimos anos críticas de integrantes do TCE durante a análise de contas do governo.

O tribunal fez ressalvas à prestação de contas do governo de SP em mais de uma ocasião por conta de suposta falta de transparência no benefício. O argumento tem sido o de que não se sabe quem o recebe e qual é o impacto da isenção de impostos nas contas públicas, um descumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Em 2020, Doria reduziu alguns desses benefícios fiscais em um pacote aprovado pelos deputados estaduais.

"A expectativa é que a gente possa abrir essa caixa preta dos benefícios fiscais, para que se apure se houve irregularidades e benefícios sem contrapartida. É uma oportunidade de poder, de fato, trazer à luz os últimos dez anos de benefícios fiscais, se trouxeram retorno para o estado e se houve direcionamento", diz Fiorilo à reportagem.

A CPI vai escolher seu relator nos próximos dias e começará a enviar requerimentos, convites e convocações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos