Mercado abrirá em 3 h 6 min

COVID | São Paulo antecipa vacinação de idosos de 85 a 89 anos para sexta (12)

Fidel Forato
·3 minuto de leitura

Nesta quarta-feira (10), o governo de São Paulo antecipou as datas para a vacinação de idosos contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) em todo o estado. Com o novo cronograma de imunização contra a COVID-19, pessoas de 85 a 89 anos poderão receber a primeira dose da vacina a partir de sexta-feira (12). Já aqueles com idades entre 80 e 84 anos entrarão na campanha a parti do dia primeiro de março.

“Com a chegada de mais insumos para a produção da vacina do Butantan, o estado de São Paulo começa no dia primeiro de março a vacinar todos os idosos acima de 80 anos de idade”, afirmou o governador João Doria, durante coletiva de imprensa.

Em São Paulo, campanha de vacinação contra a COVID-19 antecipa acessos para idosos com mais de 80 anos (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)
Em São Paulo, campanha de vacinação contra a COVID-19 antecipa acessos para idosos com mais de 80 anos (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)

Vale lembrar que a vacinação contra o coronavírus começou no dia 17 de janeiro, na capital paulista, logo após a aprovação emergencial da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Na ocasião, os primeiros imunizados receberam a primeira dose da CoronaVac. Agora, a campanha contra a COVID-19 também inclui doses da vacina de Oxford. Até esta tarde, mais de um milhão de pessoas já receberam a primeira dose de um imunizante no estado.

Quem pode se vacinar contra a COVID-19?

Segundo dados do governo de SP, o grupo de idosos entre 85 e 89 anos representam 309 mil pessoas que poderão se beneficiar da imunização contra a COVID-19. Além deles, o público-alvo de 80 a 84 anos soma outras 563 mil pessoas nos 645 municípios de São Paulo. Com o avanço da campanha, a expectativa é que haja redução no número de internações e o controle do coronavírus na região.

Além de oferecerem a primeira dose contra a COVID-19, os municípios também devem começar a aplicação da segunda dose para os grupos que receberam a vacina do Butantan desde janeiro – profissionais da saúde, indígenas e quilombolas, além de idosos acima de 60 anos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência.

De acordo com o governo do estado, assim que o Ministério da Saúde assegurar novos repasses de doses contra a COVID-19, as próximas etapas do cronograma e respectivos públicos-alvo da campanha de vacinação serão divulgados.

Pré-cadastro da vacina da COVID-19

Para agilizar o recebimento das doses contra a COVID-19, o estado de São Paulo incentiva o pré-cadastramento de idosos aptos à imunização. A partir desse registro online, a pessoa que será vacinada terá um atendimento mais rápido, já que os seus dados serão de conhecimento dos profissionais da saúde, através da ficha virtual.

De acordo com estimativa do estado, o preenchimento dos dados no site Vacina Já leva de um a três minutos, enquanto isso, no atendimento presencial, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos. Para conferir o passo a passo de como realizar o pré-cadastramento, confira o tutorial do Canaltech aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: