Mercado fechará em 6 h 30 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,12
    +0,68 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +16,40 (+0,93%)
     
  • BTC-USD

    62.173,22
    +1.393,36 (+2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.452,11
    +0,47 (+0,03%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.208,57
    +4,74 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.348,50
    +58,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4675
    +0,0760 (+1,19%)
     

Covid já causou mais mortes nos EUA do que a Gripe Espanhola

·2 minuto de leitura

Nesta semana, a covid quebrou mais uma triste marca. Nos Estados Unidos, a doença já superou o número de mortes registradas na pandemia de gripe de 1918, também conhecida como Gripe Espanhola.

Segundo os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, o país já contabiliza 676.286 óbitos por covid-19 desde o início da pandemia. Estima-se que os Estados Unidos tenham perdido 675 mil vidas na gripe de 1918, que também matou pelo menos 50 milhões de pessoas no mundo ao longo de dois anos, de acordo com dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.

Vale notar, no entanto, que a população dos Estados Unidos hoje é muito maior do que era no início do século passado, então, em termos proporcionais, a mortalidade da gripe de 1918 ainda é maior. À época, os EUA tinham por volta de 100 milhões de habitantes; hoje, tem mais de 328 milhões.

EUA caminham para superar novamente a média de 2.000 mortes de covid por dia (Imagem: Reprodução/Our World In Data)
EUA caminham para superar novamente a média de 2.000 mortes de covid por dia (Imagem: Reprodução/Our World In Data)

Ao que tudo indica, esse número ainda deve subir bastante nos Estados Unidos. Após uma campanha de vacinação que rapidamente atingiu 50% da população, os números estagnaram no país, justamente enquanto a variante Delta se tornava predominante, causando um novo surto grave, especialmente entre quem não se imunizou.

Neste momento, a média móvel de mortes por covid no país está na faixa de 1.900 ao dia, o que é próximo do primeiro pico da doença nos Estados Unidos, em abril de 2020, quando eram registrados 2.200 óbitos diários. Ainda há alguma folga em relação ao segundo pico, de janeiro de 2021, que chegou a 3.400.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos