Mercado abrirá em 9 h 51 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,50
    +1,10 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.810,30
    -8,60 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    30.150,05
    +101,59 (+0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,69
    +436,01 (+179,66%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.485,37
    -117,15 (-0,57%)
     
  • NIKKEI

    26.851,15
    +191,40 (+0,72%)
     
  • NASDAQ

    12.534,25
    -26,00 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2046
    -0,0058 (-0,11%)
     

INSS interrompe perícia de revisão do auxílio-doença

·1 min de leitura
Aumento no número de casos de Covid-19 leva INSS a suspender perícia de revisão do auxílio-doença (Getty Imagens))
Aumento no número de casos de Covid-19 leva INSS a suspender perícia de revisão do auxílio-doença (Getty Imagens)
  • Suspensão tem prazo indeterminado;

  • Caso a situação melhore, perícias médicas serão realocadas para a segunda metade de 2022;

  • Perícias de operações pente fino anteriores estão mantidas.

Desde a última quarta-feira (12/01), as perícias para revisão do auxílio doenças estão suspensas. A decisão do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) leva em consideração o aumento de casos do novo corona vírus no Brasil.

Publicada na edição do Diário Oficial da União da segunda-feira (11/01) a suspensão não tem data limite estipulada. O INSS anunciou que as petrificas desmarcadas serão agendas para o segundo semestre deste ano, caso o número de casos de Covid-19 estejam baixos.

Leia também:

Em agosto do ano passado a Previdência Social realizou uma operação de pente fino em beneficiários com mais de seis meses sem perícia médica. 170 mil pessoas foram convocadas por meio de cartas a comparecer nas agências do INSS.

Em setembro de 2021 o órgão realizou mais um pente fino em mais de 95 mil beneficiários não localizados na primeira leva de agosto.

A atual suspensão não interfere nos agendamentos marcado aos beneficiários incluídos nas operações de pente fino programadas, de acordo com informações da SPMF (Subsecretaria da Perícia Médica Federal) do INSS.

Caso o pensionista não compareça e não reagende a perícia-médica o pagamento pode ser suspenso. Caso o beneficiário não procure recuperar o auxílio-doença em 60 dias o pagamento será cortado definitivamente.

Com informações do Folha de São Paulo e CNN Brasil

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos