Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.300,25
    -2.754,42 (-7,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Covid está mascarando impacto do Brexit sobre setor financeiro, diz autoridade da City de Londres

·1 min de leitura
Pessoas caminham pelo distrito financeiro da cidade de Londres, Reino Unido, 13 de setembro de 2021. REUTERS/Hannah McKay

Por Huw Jones

LONDRES (Reuters) - A chefe do Comitê de Política e Recursos do distrito financeiro de Londres (a City de Londres) disse nesta quarta-feira que a tentativa do Reino Unido de liderar o setor financeiro global precisa de apoio sustentado do governo após o Brexit.

O setor financeiro britânico perdeu a maior parte de seu acesso à União Europeia (UE) --então seu maior destino de exportações-- depois que concluiu há um ano sua saída do bloco.

Embora o setor tenha se adaptado sem grandes problemas ao Brexit, todas as implicações da saída do Reino Unido da UE ainda estão em andamento, disse Catherine McGuinness, cujo mandato de cinco anos como chefe de política para o distrito financeiro de "Square Mile" (apelido para a City de Londres) termina em maio.

Cerca de 7.400 empregos no setor financeiro, muito menos do que inicialmente previsto, mudaram de Londres para novos centros bancários da UE, mas a Covid-19 "pode estar mascarando o que realmente está acontecendo", disse McGuinness.

"Certamente não estamos em um novo normal", disse ela à Reuters.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos