Mercado abrirá em 4 h 5 min

Covid e protestos elevam vendas de acessórios de armas nos EUA

Henry Ren
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O entusiasmo renovado de consumidores nos EUA por atividades ao ar livre - bem como a agitação civil e um novo governo democrata - impulsiona as vendas de acessórios de armas da Vista Outdoor, disse o diretor-presidente da empresa, Chris Metz.

O recente aumento da demanda por armas de fogo segue a tendência histórica quando um governo democrata assume o poder, disse Metz. Os proprietários de armas tradicionalmente fazem estoques durante uma mudança de governo devido à preocupação de que regulamentos mais rígidos estejam a caminho. O aumento correspondente das vendas foi “multifacetado”, afirmou.

A Vista atende aos entusiastas do “tiro esportivo”, uma categoria que respondeu por quase 70% das vendas da empresa no último trimestre. O distanciamento social levou a um renovado interesse pelas atividades ao ar livre, com um crescimento de 35% das vendas no período, informou a empresa esta semana.

“O principal fator é a Covid, o maior desejo de sair de casa”, disse Metz em entrevista. “Mas um impacto secundário é a agitação civil, o desejo de ser autossuficiente em proteção pessoal.”

Em janeiro, o FBI conduziu cerca de 4,3 milhões de verificações de antecedentes de armas de fogo, um aumento de quase 60% em relação ao ano anterior. Embora as vendas de armas não sejam rastreadas nos EUA, os dados do NICS (sigla em inglês para Sistema Nacional de Verificação Instantânea) são considerados um referente para as vendas do setor de armas de fogo. A verificação de antecedentes não significa que uma arma foi vendida.

A empresa, com sede em Anoka, Minnesota, fabrica e vende munições, coldres e outros produtos relacionados a armas, que têm sido o foco dos negócios da Vista Outdoor desde que parou de fabricar armas de fogo em 2019. A Vista também produz capacetes para bicicletas e motocicletas.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.