Mercado fechará em 3 h 48 min
  • BOVESPA

    129.478,15
    +710,70 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.274,89
    +145,01 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,68
    +0,83 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.787,60
    +10,20 (+0,57%)
     
  • BTC-USD

    33.841,81
    +1.470,85 (+4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    811,28
    +1,09 (+0,13%)
     
  • S&P500

    4.250,33
    +3,89 (+0,09%)
     
  • DOW JONES

    33.938,11
    -7,47 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.280,75
    +22,50 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9046
    -0,0152 (-0,26%)
     

Covid-19: variante que combina cepas do Reino Unido e da Índia é descoberta no Vietnã

·3 minuto de leitura
Covid-19: variante que combina cepas do Reino Unido e da Índia é descoberta no Vietnã
Covid-19: variante que combina cepas do Reino Unido e da Índia é descoberta no Vietnã

Autoridades de saúde no Vietnã descobriram uma nova variante da Covid-19 que se espalha rapidamente pelo ar e é uma combinação de variantes identificadas pela primeira vez na Índia e no Reino Unido. Através da mídia estatal, o ministro da Saúde Nguyen Thanh Long disse que o país em breve publicará os novos dados do genoma obtidos nos estudos.

Atualmente, o país do sudeste asiático – que tem servido de exemplo no combate ao coronavírus – vem enfrentando um aumento nas infecções. Desde o final de abril foram registrados mais da metade do total de 6.856 casos no Vietnã. Até agora, houve 47 mortes.

“Nós descobrimos uma nova variante híbrida das cepas da Índia e do Reino Unido”, disse o ministro da saúde, em um encontro nacional sobre a pandemia neste sábado (29). “A característica dessa cepa é que ela se espalha rapidamente pelo ar. A concentração de vírus no fluido da garganta aumenta rapidamente e se espalha com muita força para o ambiente circundante”, completou.

Leia mais:

O governo vietnamita não especificou o número de casos registrados no país com esta nova variante. Sete delas já foram detectadas na região: B.1.222, B.1.619, D614G, B.1.1.7 (a variante do Reino Unido), B.1.351, A.23.1 e B.1.617.2 (a variante indiana). O aumento nas infecções forçou autoridades a tomaram medidas para limitar a circulação de pessoas e atividades comerciais. Cafés, restaurantes, cabeleireiros e casas de massagem, assim como locais turísticos e religiosos, foram fechados em várias zonas do país.

Com 97 milhões de habitantes, o Vietnã vacinou pouco mais de 1 milhão de pessoas. A distribuição de vacinas está sendo acelerada e o país espera alcançar imunidade coletiva até o final do ano, ainda de acordo com o ministro da saúde. Os estoques vietnamitas possuem cerca de dois milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, mas o ministério adquiriu outras 30 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech.

Governo vietnamita realiza testes gratuitos na população. Imagem: Lusin_da_ra/Shutterstock
Governo vietnamita realiza testes gratuitos na população. Imagem: Lusin_da_ra/Shutterstock

O governo ainda trabalha para garantir 10 milhões de doses de vacina dentro do consórcio Covax, além de negociar 40 milhões de doses da Sputnik V, da Rússia.

No Brasil, um homem de 32 anos foi identificado com a variante indiana da Covid-19 em São Paulo, após desembarcar no Aeroporto de Guarulhos no último sábado. Esse é o primeiro caso da cepa identificado no Brasil em alguém que circulou em solo nacional.

O passageiro vindo da Índia, depois de desembarcar em São Paulo, foi até o Rio de Janeiro, onde mora. Durante dois dias, ele circulou por três cidades e teve contato com dezenas de pessoas.

No total sete pessoas no Brasil testaram positivo para a variante indiana da Covid-19. Os outros seis casos foram detectados entre a tripulação de um navio que passou pela Índia. Mas apenas um dos contaminados precisou desembarcar para receber atendimento médico, e ele segue internado em estado grave.

Em seu mais recente relatório sobre a pandemia da Covid-19 a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que a variante indiana da doença já foi identificada em pelo menos 53 países e territórios do mundo.

Via: Reuters/The Guardian

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos